terça-feira, 22 de maio de 2018

CAPS DE PIQUET CARNEIRO REALIZA SEMANA DE LUTA ANTIMANICOMIAL

O Movimento da Luta Antimanicomial se caracteriza pela luta de garantia dos direitos das pessoas com sofrimento mental. O objetivo central desta luta é apresentar uma idéia contrária de que se deve trancar a pessoa com sofrimento mental, tendo em vista, uma significativa compreensão idealista do senso comum por parte da sociedade que se baseia empreconceitos conservadores relacionados à doença mental.Neste sentido, a Gestão ‘Construindo com Você, através da Secretaria Municipal de Saúde e do Centro de Atenção Psicossocial – Albenísio Fernandes de Araújo (CAPS I), realizaram entre os dias 14 a 18 de maio do corrente ano, várias atividades na sede doCAPS e nas unidades básicas de saúde. 


Como parte dessa luta, que se desenvolve desde 1987, ano em que foi instituída a data, os hospitais psiquiátricos foram sendo gradativamente substituídos por serviços abertos de tratamento e de atenção integral à população de todas as faixas etárias e sua rede de apoio, que são os CAPS – Centros de Atenção Psicossocial, que integram o Sistema Único de Saúde. Faz parte desse movimento também, a busca por melhorar cada vez mais a qualidade destes serviços públicos, com ampliação de atividades que possibilitem a criação e o crescimento humano.
As atividades produzidas e desenvolvidas durante o movimento tiveram como objetivo informar aos usuários da saúde o que essa data representa no nosso contexto, incentivar ao diálogo sobre a questão da saúde mental através de rodas de conversas dentro da atenção básicana tentativa de desconstruir estigmas sobre as doenças mentais, mostrando com isso, a importância do papel da família nas intervenções divulgando o serviço de saúde mental que o município disponibiliza por meio de seus profissionais e atividades diárias. 

CAPS EM PIQUET CARNEIRO 

O CAPS na cidade de Piquet Carneiro foi implantado em novembro de 2013 e surgiu da grande demanda de pessoas com adoecimento mental. A proposta desse serviço comunitário e aberto do Sistema Único de Saúde (SUS) é desenvolver atividades para pessoas em sofrimentos mental, seus familiares e a comunidade. 
O publico deste serviço são pessoas com sofrimento mental grave, psicoses, usuários de crack, álcool e outras drogas, cuja gravidade justifiquem sua permanência num espaço acolhedor, comunitário e de promoção da vida.
Para ser atendido pelo CAPS o usuário poderá procurar o atendimento no CAPS (demanda espontânea), ser encaminhado pela Unidade Básica de Saúde ou por qualquer outro serviço municipal.
O CAPS oferece atividades individuais onde engloba todas as atividades realizadas somente entre o usuário e um profissional e/ou equipe do CAPS como prescrição de medicamentos, psicoterapia, orientação; atividades em grupocomo as oficinas terapêuticas, atividades de suporte social, oficinas expressivas, grupo de tabagismo, alcoolismo, grupo de mães e grupo de criança; atendimento para a família, com grupo de família e atendimento nuclear, atividades de suporte social e visitas domiciliares; atividades comunitárias onde tentamos envolver as associações de bairro e outras instituições presentes no bairro com o objetivo de trocas sociais e a integração com a comunidade.
O CAPS tem uma equipe composta por: Assistente Social, Médico Clinico GeralEnfermeiraFisioterapeutaPedagoga, PsicólogaPsiquiatraTécnica de Enfermagem e Terapeuta Ocupacional

Para mais informações, estamos localizados na Rua: Zacarias Pinheiro, 131 – Centro. Piquet Carneiro. Fone: (88) 9 8884 1753 (88) 3516 1811. Email: caps_pc@outlook.com – saudepiquetcarneiro@yahoo.com.br
Atendimento: Segunda a Sexta-feira – Das 07:30 Às 11:30 / 13:30 Às 17h.

Enviado por email por Camila Crispin, psicóloga no CAPS 


Anunciantes 






Nenhum comentário :

Postar um comentário

"O sucesso normalmente contempla aqueles que estão ocupados demais para procurar por ele"