quinta-feira, 18 de janeiro de 2018

SENADOR POMPEU, A CARTA DO PCC e COMO FUNCIONA A FACÇÃO


98d91495-b56b-4417-855f-6429120a43f2A essa altura muita gente já ouviu falar na história que se alastrou pelos whatsapp da vida, antes de escrever sobre o PCC, um resumo.

Uma dupla jogou a carta pra dentro carta para dentro do Fórum e atirou nos prédio e também na Cadeia Pública do Município.
Na carta pedem a transferência de Gel ‘’viemos aqui por meio dessa carta informar que nós do Primeiro Comando da Capital estamos exigindo a transferência de um irmão nosso: Gel que está cercado pelos vermes do CV, e esse recado vai para o juiz, delegado, promotor, pra fundido que desacreditar do Primeiro Comando da Capital, somos o crime organizado e se as nossas exigências não forem obedecidas, Senador Pompeu vai pegar fogo, órgão público vai pegar fogo’’.
A carta e a transferência de Gel aconteceram nessa segunda feira, embora não tenha sido o informado o local.

O PCC É MUITO ORGANIZADO

Em 2016 o Ministério Público de São Paulo avaliava que o PCC tinha entre 20 mil e 22 mil integrantes em todo o país, sendo a maioria em São Paulo. No Estado, são ao menos 5 mil presos e outros 2 mil em liberdade. Eles dominam a maioria dos presídios do estado, que contam na época com 238 mil detentos.

HIERARQUIA

Todo esse contingente é controlado por uma cadeia de comando, com hierarquia e cargos muito bem definidos. Segundo alguns pesquisadores do sistema carcerário o PCC se tornou uma espécie de refúgio para o preso. Nos últimos anos a facção, por incrível que pareça,  tem diminuído a violência nos presídios, embora a   imagem do inconsciente coletivo do brasileiro seja os ataques de ataques de 2006 que culminaram na a morte de vários policiais, a retaliação policial resultou em centenas de homicídios nas periferias de São Paulo e da Baixada Santista.

POR QUE ENTRAR NO PCC?

A matemática é simples, ao entrar na cadeia, o bandido, seja ele quem for, acaba ficando a mercê do sistema carcerário e entrar para o PCC facilita a convivência, e pode ajudar manter sua família lá fora. O Primeiro Comando da Capital tem código de conduta e não aceita estupradores e assassinos de crianças. Embora tenham um respeito pelas mulheres e até uma boa convivência com gays, esses dois grupos nunca vão subir na hierarquia da facção. Nos presídios femininos o PCC também domina, pelo menos de São Paulo.

Vez por outra o PCC se dirige ao poder público, assim como aconteceu em Senador. Há quem diga que negociaram até com Governo de São Paulo em troca de melhorias nas prisões.

Por Denison Vieira 






Nenhum comentário :

Postar um comentário

"O sucesso normalmente contempla aqueles que estão ocupados demais para procurar por ele"