quinta-feira, 26 de outubro de 2017

CATOLÉ DA PISTA FAZ REINVIDICAÇÕES EM REUNIÃO ITINERANTE DA CÂMARA NO DISTRITO

IMG_4201IMG_4204Reunião solene aconteceu na sede da associação de moradores do Catolé da Pista no dia 24 de outubro começando ás 15:30.

Com a falta de 6 vereadores a reunião não teve coro mínimo para ser uma sessão extraordinária, sendo assim nenhum projeto pode ser votado na ocasião. Cinco vereadores estiveram presentes, Keilhiane, Niclezio, Daniel, Cláudia e o presidente Dinomedes. Também participou o ex-vereador Antônio Pedro, o Secretário de Agricultura Pedro Alcântara, Secretário de Comunicação Laércio Vitoriano e o chefe de Gabinete Edinardo Sales.

A situação gerou indignação da população que agradeceram aos presentes, mas fizeram críticas de maneira geral a quem não havia comparecido.

Vereadores apresentaram seus requerimentos e projetos lei feitos no ano, principalmente na região do Catolé da Pista em forma de prestação de contas.

O Secretário Pedro falou sobre as negociações de dívidas do Banco do Nordeste que seguem até final de dezembro. Com empréstimos até 2006 com 90% de desconto  e de 2006 até 2011 com até 50% de desconto.

Sobre a questão hídrica Pedro afirmou que o Governo Federal através do exercíto tem gastado 120 mil reais no município para trazer água do Truçu. A ideia é mostrar esses gastos para o Governo Estadual e Federal e encontrar uma opção mais viável financeiramente, que seria a perfuração de mais poços profundos na zona rural.

Seguro safra

Pedro Alcântara mostrou os boletos pagos do programa Seguro Safra, segundo ele pessoas haviam espalhado a notícia que a prefeitura estava em atraso com os pagamentos.

Na segunda parte reunião, foi dada a oportunidade para a população, que fez algumas reivindicações de temas voltados para o distrito.

A principal questão é do Açude São Miguel, um dos moradores mostrou abaixo assinado pedindo  o controle do consumo de água do Açude, que tem sido usado de maneira particular. A grande questão é que embora o Açude esteja em terreno particular, o consumo de água é um bem comum perante a lei e segundo os moradores o dono da terra está usando de maneira indiscriminada.

Seguram mais pedidos:

- O término dos quebra molas até a parte da ciclovia.

- Iluminação no cemitério

- Esgoto aberto

- Um espaço de creche

- Reforma na escola  da Chapada

Depois da participação da população o chefe de Gabinete Edinardo ponderou sobre os pedidos e falou sobre outro tema levantado.

As incertezas das brocas. Segundo Edinardo "Quando Brasília vai aprovar uma medida, só pensa nas regiões Sul centro e sudeste...". O Ibama é  o responsável pela medida que prevê que até 31 de dezembro desse ano não pode haver queimadas. Segundo o chefe de Gabinete O estado do Ceará já está se mobilizando em contato com ministério do Meio ambiente e Ibama para soluciona o problema, mas por enquanto a recomendação é que não se faça. Os órgão fiscalizadores usam imagens de satélite para reconhecer as queimadas, o que pode acarretar multas altas.

A reunião encerrou pouco depois das cinco da tarde.

Por Denison Vieira

10[3][1]BACKLIGHT 01-800x800

Nenhum comentário :

Postar um comentário

"O sucesso normalmente contempla aqueles que estão ocupados demais para procurar por ele"