sábado, 26 de novembro de 2016

METAS PARA EDUCAÇÃO E REQUERIMENTOS DA ÚNICA REUNIÃO DE ANTÔNIO PEDRO

dddNo dia 25 de Novembro a reunião da câmara recebeu a secretária de Educação Wioneide Isidorio para apresentar "AS ETAPAS DO MONITORAMENTO DO PLANO MUNICIPAL DE EDUCAÇÃO DE PIQUET CARNEIRO" que foi aprovado durante a sessão. Foram apresentadas 20 metas, que você pode conferir ao final da matéria, depois da publicidade. No vídeo a Wioneide faz a apresentação das metas:  

 

fNa única reunião do vereador recém empossado (confira na matéria da posse aqui), Antônio Pedro aproveitou para fazer requerimentos a maioria focado no seu distrito o Catolé da Pista: redutores de velocidade para o Catolé da Pista e Chapada; Instalação de Bebedouro público no Ginásio do distrito; pavimentação em pedra tosca e iluminação no acesso ao cemitério do distrito; instalação de telamento em caixas d'água do distrito (combate ao mosquito Aedes Aegypti); reparo na iluminação do distrito; construção de passagem molhada na comunidade de Cajazeiras; quebra molas nas principais ruas do distrito. Essa é a primeira e última sessão ordinária que Antônio Pedro vai participar em seu curto mandato, mas semana que vem tem sessão extraordinária.   fffff

Publicidade

14956382_815657208576339_4191826784035683435_n15194545_1095857693868845_7527717170640588400_o

wef

facebook.com/katyasoraya.mendesdasilva

 

METAS  PLANO MUNICIPAL DE EDUCAÇÃO

 META 1 -Assegurar, até 2016, a educação infantil na pré- escola para as crianças de 4 (quatro) a 5(cinco) anos de idade e ampliar progressivamente a oferta a oferta de educação infantil em creches de forma a atender,no mínimo, 50% (cinquenta) por cento das crianças de até 3 (três) anos considerando as demandas , de acordo com os padrões de qualidade definidos pelo Município pela legislação e final da vigência deste PME.

 META 2 - Assegurar o ensino fundamental de 9 (nove) anos, para toda a população de 6 (seis) a 14 (quatorze) anos e garantir que pelo menos 95% (noventa e cinco por cento) dos alunos Concluam essa etapa na idade recomendada, até o último ano de vigência deste PNE.

 META 3 Em regime de colaboração com a união e o Estado, universalizar até 2016, o atendimento escolar para toda a população de 15 (quinze) a 17 (dezessete) anos e elevar, até o final do período de vigência deste PME, a taxa líquida de matrículas no ensino médio para 85% (oitenta e cinco por cento).

 META 4 Assegurar, para a população de 4 (quatro) a 17 (dezessete) anos com deficiência, transtornos globais do desenvolvimento e altas habilidades ou superdotação, o acesso à educação básica e ao atendimento educacional especializado, preferencialmente na rede regular de ensino, com a garantia de sistema educacional inclusivo, de salas de recursos multifuncionais, classes, escolas ou serviços especializados, públicos ou conveniados.

 META 5

 Alfabetizar todas as crianças, no máximo, até o final do 3o (terceiro) ano do Ensino Fundamental.

 META 6

 Em regime de colaboração com a união e o Estado, oferecer educação em tempo integral em, no mínimo, 50% (cinqüenta por cento) das escolas públicas, de forma a atender, pelo menos, 25% (vinte e cinco por cento) dos (as) alunos (as) da educação básica.

 META7

 Fomentar a qualidade da educação básica em todas as etapas e modalidades, com melhoria do fluxo escolar e da aprendizagem de modo a atingir as seguintes médias para o IDEB: 6,2 nos anos iniciais do Ensino Fundamental ; 6,0 nos anos finais do Ensino Fundamental ,melhoria do fluxo escolar e da aprendizagem de modo a atingir as seguintes médias para o IDEB: 5,2 no ensino médio .

 META8

 Em regime de colaboração com a união e o Estado, elevar a escolaridade média da população de 18 (dezoito) a 29 (vinte e nove) anos, de modo a alcançar, no mínimo, 12 (doze) anos de estudo no último ano de vigência deste Plano, para as populações do campo, da região de menor escolaridade no País e dos 25% (vinte e cinco por cento) mais pobres, e igualar a escolaridade média entre negros e não negros declarados à Fundação Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística - IBGE.

 META 9

 Em regime de colaboração com a união e o Estado elevar a taxa de alfabetização da população com 15 (quinze) anos ou mais para 93,5% até 2016 e, até o final da vigência deste PME, erradicar o analfabetismo absoluto e reduzir em 50% (sessenta por cento) a taxa de analfabetismo funcional.

 META 10

 Em regime de colaboração com a união e o Estado e Município , oferecer, no mínimo, 25% (vinte e cinco por cento) das matrículas de educação de jovens e adultos, nos ensino fundamental e médio, na forma integrada à educação profissional.

 META 11

 Em regime de colaboração com a união e o Estado Triplicar as matrículas da educação profissional técnica de nível médio, assegurando a qualidade da oferta e pelo menos 50% (cinquenta por cento) da expansão no município.

 META 12

 Em regime de colaboração com a união e o Estado, elevar a taxa bruta de matrícula na educação superior para 50%(cinquenta por cento)e taxa liquida para 33%(trinta e três por cento) da população de 18(dezoito)a 24(vinte quatro)anos.

 META 13

 Em regime de colaboração com a união e o Estado, elevar a qualidade da educação superior e ampliar gradativamente a proporção de metres e doutores do corpo docente em efetivo exercício no conjunto do sistema de educação superior.

 META 14

 Em regime de colaboração com a união e o Estado, elevar gradualmente o número de matrículas na pós-graduação stricto sensu.

 META 15

 Garantir, em regime de colaboração entre a União, os Estados, o Distrito Federal e os Municípios, no prazo de 1 (um) ano de vigência do PNE, política nacional de formação dos profissionais da educação de que tratam os incisos I, II e III do caput do art. 61 da Lei no 9.394, de 20 de dezembro de 1996, assegurado que todos os professores e as professoras da educação básica possuam formação específica de nível superior, obtida em curso de licenciatura na área de conhecimento em que atuam.

 META 16

 Possibilitar a formação em nível de pós-graduação, 50% (cinquenta por cento) dos professores da educação básica, até o último ano de vigência deste PNE, e garantir a todos (as) os (as) profissionais da educação básica formação continuada em sua área de atuação, considerando as necessidades, demandas e contextualizações dos sistemas de ensino.

 META 17

 Valorizar os (as) profissionais do magistério das redes públicas de educação básica de forma a equiparar seu rendimento médio ao dos (as) demais profissionais com escolaridade equivalente, até o final do sexto ano de vigência deste PNE.

 META 18

 Assegurar, no prazo de 2 (dois) anos, a existência de planos de Carreira para os (as) profissionais da educação básica e superior pública de todos os sistemas de ensino e, para o plano de Carreira dos (as) profissionais da educação básica pública, tomar como referência o piso salarial nacional profissional, definido em lei federal, nos termos do inciso VIII do art. 206 da Constituição Federal.

 META 19

 Assegurar condições, no prazo de 2 (dois) anos, para a efetivação da gestão democrática da educação, associada a critérios técnicos de mérito e desempenho e à consulta pública à comunidade escolar, no âmbito das escolas públicas, prevendo recursos e apoio técnico da União para tanto.

 META 20

 Ampliar o investimento público em educação pública de forma a atingir, no mínimo, o patamar de 7% (sete por cento) do Produto Interno Bruto - PIB do País no 5o (quinto) ano de vigência desta Lei e, no mínimo, o equivalente a 10% (dez por cento) do PIB ao final do decênio.

Nenhum comentário :

Postar um comentário

"O sucesso normalmente contempla aqueles que estão ocupados demais para procurar por ele"