quarta-feira, 30 de novembro de 2016

Pela segunda vez Piquet Carneiro conquista Selo UNICEF

29072014%2520-%25200028%255B6%255DHá pouco mais de 4 anos noticiávamos aqui a primeira conquista do Selo UNICEF para Piquet Carneiro. Mais uma vez o município consegue a certificação depois de várias etapas e pré-requisitos estabelecidos pelo UNICEF.

O prefeito eleito de Piquet Carneiro Bismarck se pronunciou dizendo: "Parabéns a todas as pessoas envolvidas nesse prêmio, isso só mostra a competência e o comprometimento das equipes e desde já garanto o meu total esforço nos próximos 4 anos para a permanência desse troféu."

Quem também falou sobre o assunto foi a articuladora do Selo UNICEF, Francisca do Carmo: "Foi um prazer ter o trabalho reconhecido durante os 8 anos de gestão do Expedito". 

(foto) 1º FÓRUM DO SELO UNICEF 2013/2016

Por Denison Vieira 

Publicidade

05 emporio da belezagww

07 MERCANTIL JUNIOR

sábado, 26 de novembro de 2016

METAS PARA EDUCAÇÃO E REQUERIMENTOS DA ÚNICA REUNIÃO DE ANTÔNIO PEDRO

dddNo dia 25 de Novembro a reunião da câmara recebeu a secretária de Educação Wioneide Isidorio para apresentar "AS ETAPAS DO MONITORAMENTO DO PLANO MUNICIPAL DE EDUCAÇÃO DE PIQUET CARNEIRO" que foi aprovado durante a sessão. Foram apresentadas 20 metas, que você pode conferir ao final da matéria, depois da publicidade. No vídeo a Wioneide faz a apresentação das metas:  

 

fNa única reunião do vereador recém empossado (confira na matéria da posse aqui), Antônio Pedro aproveitou para fazer requerimentos a maioria focado no seu distrito o Catolé da Pista: redutores de velocidade para o Catolé da Pista e Chapada; Instalação de Bebedouro público no Ginásio do distrito; pavimentação em pedra tosca e iluminação no acesso ao cemitério do distrito; instalação de telamento em caixas d'água do distrito (combate ao mosquito Aedes Aegypti); reparo na iluminação do distrito; construção de passagem molhada na comunidade de Cajazeiras; quebra molas nas principais ruas do distrito. Essa é a primeira e última sessão ordinária que Antônio Pedro vai participar em seu curto mandato, mas semana que vem tem sessão extraordinária.   fffff

Publicidade

14956382_815657208576339_4191826784035683435_n15194545_1095857693868845_7527717170640588400_o

wef

facebook.com/katyasoraya.mendesdasilva

 

METAS  PLANO MUNICIPAL DE EDUCAÇÃO

 META 1 -Assegurar, até 2016, a educação infantil na pré- escola para as crianças de 4 (quatro) a 5(cinco) anos de idade e ampliar progressivamente a oferta a oferta de educação infantil em creches de forma a atender,no mínimo, 50% (cinquenta) por cento das crianças de até 3 (três) anos considerando as demandas , de acordo com os padrões de qualidade definidos pelo Município pela legislação e final da vigência deste PME.

 META 2 - Assegurar o ensino fundamental de 9 (nove) anos, para toda a população de 6 (seis) a 14 (quatorze) anos e garantir que pelo menos 95% (noventa e cinco por cento) dos alunos Concluam essa etapa na idade recomendada, até o último ano de vigência deste PNE.

 META 3 Em regime de colaboração com a união e o Estado, universalizar até 2016, o atendimento escolar para toda a população de 15 (quinze) a 17 (dezessete) anos e elevar, até o final do período de vigência deste PME, a taxa líquida de matrículas no ensino médio para 85% (oitenta e cinco por cento).

 META 4 Assegurar, para a população de 4 (quatro) a 17 (dezessete) anos com deficiência, transtornos globais do desenvolvimento e altas habilidades ou superdotação, o acesso à educação básica e ao atendimento educacional especializado, preferencialmente na rede regular de ensino, com a garantia de sistema educacional inclusivo, de salas de recursos multifuncionais, classes, escolas ou serviços especializados, públicos ou conveniados.

 META 5

 Alfabetizar todas as crianças, no máximo, até o final do 3o (terceiro) ano do Ensino Fundamental.

 META 6

 Em regime de colaboração com a união e o Estado, oferecer educação em tempo integral em, no mínimo, 50% (cinqüenta por cento) das escolas públicas, de forma a atender, pelo menos, 25% (vinte e cinco por cento) dos (as) alunos (as) da educação básica.

 META7

 Fomentar a qualidade da educação básica em todas as etapas e modalidades, com melhoria do fluxo escolar e da aprendizagem de modo a atingir as seguintes médias para o IDEB: 6,2 nos anos iniciais do Ensino Fundamental ; 6,0 nos anos finais do Ensino Fundamental ,melhoria do fluxo escolar e da aprendizagem de modo a atingir as seguintes médias para o IDEB: 5,2 no ensino médio .

 META8

 Em regime de colaboração com a união e o Estado, elevar a escolaridade média da população de 18 (dezoito) a 29 (vinte e nove) anos, de modo a alcançar, no mínimo, 12 (doze) anos de estudo no último ano de vigência deste Plano, para as populações do campo, da região de menor escolaridade no País e dos 25% (vinte e cinco por cento) mais pobres, e igualar a escolaridade média entre negros e não negros declarados à Fundação Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística - IBGE.

 META 9

 Em regime de colaboração com a união e o Estado elevar a taxa de alfabetização da população com 15 (quinze) anos ou mais para 93,5% até 2016 e, até o final da vigência deste PME, erradicar o analfabetismo absoluto e reduzir em 50% (sessenta por cento) a taxa de analfabetismo funcional.

 META 10

 Em regime de colaboração com a união e o Estado e Município , oferecer, no mínimo, 25% (vinte e cinco por cento) das matrículas de educação de jovens e adultos, nos ensino fundamental e médio, na forma integrada à educação profissional.

 META 11

 Em regime de colaboração com a união e o Estado Triplicar as matrículas da educação profissional técnica de nível médio, assegurando a qualidade da oferta e pelo menos 50% (cinquenta por cento) da expansão no município.

 META 12

 Em regime de colaboração com a união e o Estado, elevar a taxa bruta de matrícula na educação superior para 50%(cinquenta por cento)e taxa liquida para 33%(trinta e três por cento) da população de 18(dezoito)a 24(vinte quatro)anos.

 META 13

 Em regime de colaboração com a união e o Estado, elevar a qualidade da educação superior e ampliar gradativamente a proporção de metres e doutores do corpo docente em efetivo exercício no conjunto do sistema de educação superior.

 META 14

 Em regime de colaboração com a união e o Estado, elevar gradualmente o número de matrículas na pós-graduação stricto sensu.

 META 15

 Garantir, em regime de colaboração entre a União, os Estados, o Distrito Federal e os Municípios, no prazo de 1 (um) ano de vigência do PNE, política nacional de formação dos profissionais da educação de que tratam os incisos I, II e III do caput do art. 61 da Lei no 9.394, de 20 de dezembro de 1996, assegurado que todos os professores e as professoras da educação básica possuam formação específica de nível superior, obtida em curso de licenciatura na área de conhecimento em que atuam.

 META 16

 Possibilitar a formação em nível de pós-graduação, 50% (cinquenta por cento) dos professores da educação básica, até o último ano de vigência deste PNE, e garantir a todos (as) os (as) profissionais da educação básica formação continuada em sua área de atuação, considerando as necessidades, demandas e contextualizações dos sistemas de ensino.

 META 17

 Valorizar os (as) profissionais do magistério das redes públicas de educação básica de forma a equiparar seu rendimento médio ao dos (as) demais profissionais com escolaridade equivalente, até o final do sexto ano de vigência deste PNE.

 META 18

 Assegurar, no prazo de 2 (dois) anos, a existência de planos de Carreira para os (as) profissionais da educação básica e superior pública de todos os sistemas de ensino e, para o plano de Carreira dos (as) profissionais da educação básica pública, tomar como referência o piso salarial nacional profissional, definido em lei federal, nos termos do inciso VIII do art. 206 da Constituição Federal.

 META 19

 Assegurar condições, no prazo de 2 (dois) anos, para a efetivação da gestão democrática da educação, associada a critérios técnicos de mérito e desempenho e à consulta pública à comunidade escolar, no âmbito das escolas públicas, prevendo recursos e apoio técnico da União para tanto.

 META 20

 Ampliar o investimento público em educação pública de forma a atingir, no mínimo, o patamar de 7% (sete por cento) do Produto Interno Bruto - PIB do País no 5o (quinto) ano de vigência desta Lei e, no mínimo, o equivalente a 10% (dez por cento) do PIB ao final do decênio.

segunda-feira, 21 de novembro de 2016

ANTÔNIO PEDRO É VEREADOR; DOIS RENUNCIAM PARA REALIZAR SONHO

DSC_0294Nessa última sexta-feira dia 18 de novembro a Câmara Municipal de Piquet Carneiro sofreu uma modificação na sua composição. O Vereador Mosquito, vice-prefeito eleito, renunciou  para entrada do suplente Antônio Pedro, sendo que Keilhiane (vereadora eleita para 2017) também renunciou para entrada do mesmo. A sessão de posse aconteceu no distrito de Catolé da Pista. Nos pronunciamentos, agradecimentos dos vereadores as conquistas da eleição e homenagens ao empossado. A ideia claramente foi homenagear Antonio Pedro que criou um vínculo com os vereadores nas últimas eleições e por vezes demostrou seu entusiasmo em ser representante. 

Antônio Pedro tentou algumas vezes ser eleito vereador, segundo o próprio, um sonho antigo de ser representante do povo, mas suas tentativas foram frustradas, na última eleição tirou menos da metade dos votos da eleição passada, mas em seu discurso de agradecimento disse que nunca desistiu do seu sonho e que ainda tem tempo para conquistar uma cadeira permanente. Antônio Pedro tem 45 dias como primeiro representante do Catolé da Pista no Legislativo Municipal de Piquet Carneiro.

DSC_0334DSC_0300

Por Denison Vieira 

Publicidade

15 Consuclinicatkt7Foto12

https://www.instagram.com/informegeracao

sexta-feira, 11 de novembro de 2016

PEREGRINAÇÃO POR RECURSO EM BRASILIA

G-20161110-WA0001O prefeito eleito Bismarck Bezerra está em Brasília. Em reunião nesse dia 10 de Novembro com Ministério Desenvolvimento Social Osmar Terra, Bismarck tratou da possibilidade de verba para reestruturação do CRAS e criar em Piquet Carneiro o CREAS.

Também para a liberação de cisternas de placa para universalização do programa. Segundo o futuro prefeito todos os recursos são para o próximo ano.

Já reunião com deputado Danilo Forte foram tratados recursos para o esporte e para a festa do Rodeio no meio do ano que vem. No Ministério da Integração o ponto foi a perfuração de poços profundos através do DNOX.

IMG-20161110-WA0000

 Publicidade

09411

quarta-feira, 9 de novembro de 2016

EGOÍSMO EXPLICA TRUMP, FILHO DA CRISE POLÍTICA E ECONÔMICA

trump-eleitoAlguns pontos são muito importantes para entender a eleição americana. Não vou entrar na questão do complexo método de votação. 

Donald Trump é mais ou menos um João Dória aqui no Brasil, prefeito eleito em São Paulo, bem sucedido e famoso por programas de TV. O futuro presidente, claro, tem um discurso mais agressivo com minorias e é um pouco mais caricato, mas a vitória de Dória e Trump tem alguns aspectos comuns, inclusive por uma coincidência

do destino, os dois apresentaram o programa "O Aprendiz". Os dois possuem um discurso do "não sou político" o que levou muita gente a testar pra vê se é bom. 

Se você liga a TV todo dia e tem um político envolvido em escândalos, logo o raciocínio lógico "vou votar em quem não é político". O mais interessante no caso da eleição americana está no fato de a mídia ter apoiado em peso (mais de 90%) a Hillary e o capital financeiro, Wall Street também estava com ela. O que prova que quando o povo realmente quer um determinado candidato, não tem cabresto que segure.

A presidência de Donald Trump é filho da crise de 2008, nasceu nas entranhas dos erros do capitalismo. Mostra que o sistema tem que ser mais duro em relação a quem comete irregularidades, uma pessoa (bode expiatório) foi indiciado pela crise imobiliária que aconteceu em 2008. Muito pouco se avaliarmos quanto gente ganhou fortunas vendendo o "sonho americano" da casa própria pra quem claramente não poderia pagar.  

Não acredito que depois de eleger um presidente negro, o povo americano virou racista, homofóbico e sexista, características que apareceram em algumas declarações de Trump, mas é bem verdade que parte da população não se importou com isso, ou não apareceu para votar porque não acredita na política, ou votou contra o sistema. 

No fundo todos somos egoístas, um mais do que outros. Nesse contexto o pensamento é simples: "ele fala um monte de coisa contra negros, mulheres, LGBT's e latinos, esse povo que só ganha espaço enquanto eu fico pra traz, posso não concordar com uma ou outra coisa, mas ele vai trabalhar pra mim". 

Por Denison Vieira

Publicidade

WhatsApp Image 2016-11-02 at 17.08.34

07 MERCANTIL JUNIOR

08 jackson

segunda-feira, 7 de novembro de 2016

INTOLERANCIA RELIGIOSA EM PIQUET CARNEIRO. SERÁ QUE TEM?

O tema da redação do ENEM costuma ser um guia para o debate no Brasil. Quando temos mais de 8 milhões de pessoas fazendo a prova, são 8 milhões tendo que refletir sobre o assunto diretamente, fora os familiares e amigos que acabam se envolvendo naturalmente.

Em Piquet Carneiro, uma cidade majoritariamente Católica fica uma sensação de que não existe intolerância religiosa, porque até pouco tempo não tínhamos casos de violência contra igrejas, o que mais pra frente no texto vou provar que isso mudou. Mas há muito temos um certo preconceito velado, principalmente com a segunda maior religião. Os Evangélicos estão crescendo assim como no país todo, mas devido a suas centenas de denominações acabam com uma aparência de serem menos, realmente em certo termos de doutrina, são quase religiões diferentes.

Por gerações a cidade é Católica e sua indenidade cultural se confunde com o catolicismo, sendo assim alguns comportamentos que  a primeira vista são normais e aceitáveis, são na verdade um resquício de preconceito, como por exemplo o jeito que os evangélicos são chamados, vez por outra rola um "os crentes" em um tom de sarcasmo. Ou quando estamos em uma reunião do poder publico e se arrasta um Pai Nosso seguido de uma Ave Maria. A ingenuidade não para por aí, de alguns tempos pra cá algumas pessoas já aboliram das reuniões do poder publico a Ave Maria, mas esqueceu que o "Pai Nosso" não é uma oração universal. 181253588Se vamos falar de respeito a diversidade religiosa, temos que aprender a parar de querer agradar só as religiões mais latentes, mas respeitar os que não tem religião e os que estão em religiões minoritárias, como as de matriz africana ou asiática. O Crucifixo nas repartições públicas, que fique claro não é um problema só nosso, já que tanto na Assembleia do Estado, como a nível federal se usa sem nenhum pudor, mas vale a reflexão, será que você se sentiria confortável em ver uma imagem de Buda na 181253658parede de uma instituição que você paga com seu imposto. O Cristo crucificado é um símbolo católico, não abrange nem a todo cristão, imagina a quem não segue o cristianismo.

No período da campanha uma Igreja Evangélica em Piquet Carneiro foi invadida e se destruiu instrumentos, móveis e afins, como se pode ver nas fotos. Embora ninguém tenha divulgado uma possível razão para entrarem e não levarem nada, o que já muito estranho, é pouco provável que seja um caso de intolerância religiosa. Vou ser 181253640leviano e dar um palpite, tá mais pra alguém que teve algum problema com algum membro e descontou de maneira violenta, mas pode ser pura e simplesmente por questão religiosa, o que deve ter nossa atenção para o tipo de relação que estamos tendo com quem pensa diferente. Por último a Capela São Francisco, como anunciado aqui, foi invadida pela terceira vez. Na primeira vez roubaram o Gela água e algumas cadeiras, mas agora parece por prazer em quebrar tudo.

O que falta em Piquet Carneiro e no B181253666rasil nessa questão é empatia. Entender que existe toda uma construção social, psicológica, de anseios, desejos e "paz de espírito" para se chegar a uma crença. Será que se você nascesse em um país de maioria Muçulmana, em uma província cheia de radicais você não cogitaria ser um homem bomba?

Por Denison Vieira 

 

 

Publicidade

  CapturarCapturarCapturar

sexta-feira, 4 de novembro de 2016

CAPELA É VANDALIZADA EM PIQUET CARNEIRO

WhatsApp Image 2016-11-04 at 11.55.48A Capela São Francisco, que fica ao lado do Cruzeiro em homenagem às vítimas do acidente de trem, foi vandalizada mais uma vez na madrugada de quarta para quinta feira dessa semana. A terceira vez que algo parecido acontece. O pároco de Piquet Carneiro, Pe Jaime já falou com o promotor da cidade sobre o caso e vai realizar hoje às 16:00 missa na capela. Nas fotos é possível observar os itens quebrados.

 

 

 WhatsApp Image 2016-11-04 at 11.53.48WhatsApp Image 2016-11-04 at 11.54.51WhatsApp Image 2016-11-04 at 11.54.27 (1)WhatsApp Image 2016-11-04 at 11.54.03WhatsApp Image 2016-11-04 at 11.56.30

Publicidade

14FotoFotDo

"O sucesso normalmente contempla aqueles que estão ocupados demais para procurar por ele"