quinta-feira, 6 de novembro de 2014

O BISPO E AS NOVAS DIREÇÕES DA IGREJA CATÓLICA

imageEntre os dias 21 e 24 de outubro O Bispo Dom João Costa da diocese de Iguatu esteve na Paróquia Sagrado Coração de Jesus para visita pastoral (leia na página 3.)

Dom João também esteve nas Escolas onde os alunos tiveram a oportunidade de fazer perguntas, com relação a sua vida,  religiosidade e suas opiniões. Entrevistei 4 pessoas, entre alunos e convidados, que estiveram no evento na manhã do dia 23 no Azarias Fernandes. Onde o Bispo falou um pouco de suas impressões sobre alguns temas polêmicos. Ele tinha a companhia de três freiras, sendo uma da Itália. Eram oito turmas de sexto a nono ano. O bispo fez a leitura bíblica e comentou. Logo depois os alunos escreveram perguntas em papel que era lido por uma das Irmãs.

Perguntado sobre a Maçonaria o Bispo afirmou não ter muito conhecimento sobre a entidade, mas não achava que havia interferência na religiosidade, embora tenha levantado uma dúvida na questão de ser secreta, então não poderia falar muito.

Sobre outras religiões disse ser a favor que todos possam estar juntos sem rivalidade.
Outra pergunta foi sobre Homossexuais. Respondeu dizendo  que era um assunto delicado que estava sendo discutido até no Vaticano na direção do acolhimento aos mesmos, porque também são filhos de Deus. Os homossexuais não tem culpa de nascer com essa tendência, e que não podemos condenar. Fez uma comparação com canhoto e o destro, deixando claro que ser homossexual não é uma escolha. E afirmou que o papa quer  abrir um diálogo com os homossexuais.

Realmente a igreja Católica tem avançado nessa questão, e o Bispo parece alinhado com o Papa Francisco. Durante a 3ª Assembleia Extraordinária do Sínodo dos Bispos, realizado no Vaticano em duas semanas de outubro um relatório preliminar diz que homossexuais têm "talentos e qualidades para oferecer à comunidade cristã". "Será que somos capazes de receber essas pessoas e garantir que elas terão um espaço fraterno em nossas comunidades?", diz o documento. O relatório não contesta o longo histórico de oposição da Igreja ao casamento entre pessoas do mesmo sexo, mas alguns grupos de direitos homossexuais consideram as declarações como um avanço. (fonte: bbc.co.uk)

O Bispo Dom João também teve que responder sobre o celibato, na pergunta uma aluna indagou fazendo referência a bíblia, que diz "crescei e multiplicai-vos". O bispo explicou que a opção era baseada em várias passagens e citou o exemplo da freira Italiana, que já viajou o mundo em missão, o que seria difícil se tivesse família. Dom João confidenciou que foi criado no campo e "sempre amou os mais pobres". Encerrou o momento com um Pai Nosso.

Durante sua visita pastoral também disse ter feito uma carta para todos padres da diocese, para que nenhum se candidatasse nessas eleições, mas recomendou que os católicos e pessoas de bem participassem dos pleitos. Em outro momento falou sobre, o que já foi um tabu dentro da igreja e afirmou que a "separação não é pecado".

Nota do editor
    A comunidade de Piquet Carneiro parece não ter prestado atenção as declarações de Dom João. Não vi ninguém debatendo ou discutindo suas afirmações, o que se ouviu falar foi algo vago, como se sua presença fosse só festa, quando na verdade o Bispo já vem dando o tom que Papa Francisco vem cantando já faz um tempo.

Papa Francisco chegou a dizer que teorias da evolução e do Big Bang são corretas, ‘‘Quando lemos sobre a criação no Gênesis, corremos o risco de imaginar que Deus era um mágico com uma varinha capaz de fazer tudo. Mas não é isso’’, disse o papa.

Está bem claro a guinada que a Igreja Católica faz na direção da nossa realidade, abandonando certos paradigmas e conceitos antigos, o que considero um avanço.

Por Denison Vieira

Nenhum comentário :

Postar um comentário

"O sucesso normalmente contempla aqueles que estão ocupados demais para procurar por ele"