quinta-feira, 25 de setembro de 2014

ARAÚJO SEM FRONTEIRAS

Cheerleaders um símbolo americanoAraújo Filho é um desses jovens que nasceram na era da informação, altamente tecnológicos, com 22 anos, de Piquet Carneiro, está agora nos Estados Unidos, mais especificamente no estado de Montana, Misoule, estudando as custas do Governo Federal através do Programa Ciências Sem Fronteiras. Fiz um pedido a Araújo que nos falasse um pouco sobre sua experiência com o programa e nas primeiras semanas fora do Brasil. Confira seu relato:

Na foto ao lado Araújo com as Cheerleaders, símbolo  do esporte mais famoso dos Estados Unidos, o Futebol Americano

Eu nunca havia pensado em estudar fora do país, até porque eu não possuía domínio de outra língua. Já tinha ouvido falar de alguns alunos que foram estudar fora, mas estes tinham fluência na língua, e eu não me atreveria a passar por um processo seletivo desse. Foi já quase no final do meu curso que fiquei sabendo da oportunidade de me candidatar a uma bolsa de estudos onde eu poderia aprender o inglês primeiro, para depois fazer o curso acadêmico. Desde o início, fui no "vai que cola", por que mesmo eu estando no processo, eu nunca acreditei que iria conseguir.

O ciência sem fronteiras é um programa do governo que proporciona aos estudantes a oportunidade de estudar fora do país, sem ter que pagar nada por isso. A candidatura é um pouco demorada e as vezes cansativa. Não há na realidade concorrência por vagas, se você possui todos os requisitos exigidos, você consegue a bolsa. A primeira seleção foi interna, na UFC. Passei pela seleção interna, então fiz uma prova de proficiência de inglês exigida no processo, o Toelf. Tirando a nota mínima exigida, pude ir para a seleção nacional, onde foram analisados todos os meus critérios. Depois de passar pela seleção nacional, eu pude enviar minha candidatura para as universidades americanas. Tive que enviar muitas redações, cartas de recomendação dos professores e muita burocracia... Foi um processo bem demorado. Depois de vários meses de espera, enfim chegou a carta de aceite da Universidade de Montana. Todo o processo levou cerca de 10 meses.

Apenas os gastos de passaporte e visto. Todo o resto é coberto pela bolsa: as passagens de avião, estadia, plano de saúde, auxilio instalação, auxilio material didático, alimentação, entre outros benefícios do programa.

Como eu estava esperando, absolutamente tudo foi muito diferente do que eu estou acostumado a viver, e muita coisa é exatamente igual ao que a gente vê nos filmes americanos. Foi minha primeira vez andando de avião e indo para outro país, e talvez pela minha matutice tudo me deixou maravilhado. O processo para entrada nos estados unidos foi muito burocrático, passamos por várias revistas e entrevistas. O maior impacto, como já era esperado por mim, foi ter que falar com todos em inglês sem saber falar direito. Eu sempre pedia para que falassem devagar para que eu pudesse entender. Mas fiquei admirado que mesmo com o meu inglês básico consegui fazer muita coisa por aqui no começo. Assim que chegamos no aeroporto de Missoula, o coordenador do programa de inglês foi nos buscar de ônibus, e nos levou para o shopping para que pudéssemos comprar coisas para o quarto. Todos ônibus tem internet wi-fi, quando um idoso entra o motorista só segue viajem quando ele senta, e os estudantes não pagam passagem.

Missoula é uma cidade que na minha opinião qualquer pessoa adoraria morar. É muito tranquila, de um povo muito simpático, de um ambiente bonito e extremamente limpo e correto. Diferente do que eu estava esperando, a maioria dos americanos gosta muito de estrangeiros e estão sempre dispostos a ajudar. Apesar de ser uma cidade pequena, existem muitas opções de lazer, esporte e cultura. Missoula está entre as 8 melhores cidades para se viver nos Estados Unidos. Uma curiosidade, no dia do seu aniversário a bebida é grátis em qualquer bar.

Na foto, o parque Glacier National Park que fica a duas horas e meia de carro da Universidade.

10648193_703748573039863_8235229516889537527_oQuase metade da cidade de Missoula é a Universidade de Montana. É como as pessoas aqui dizem "Uma cidade dentro da cidade". A infraestrutura é incrível. Prédios enormes e confortáveis no meio de um campo arborizado e lindas montanhas. Existem muitos estudantes internacionais aqui. Hoje, somos 94 brasileiros morando na universidade, destes,  4 são cearenses. Os alojamentos universitários são muito confortáveis. A qualidade de vida é incrível. Em todos os prédios existem locais estudo. No prédio onde eu moro, existe uma sala de estudo em cada andar, e uma enorme sala compartilhada no último andar. Muitos cursos de graduação e mestrado. A maioria dos cursos é na área ambiental. O curso de inglês é muito bom, os professores são ótimos, altamente qualificados e extremamente compreensíveis com a dificuldade dos estrangeiros. Após o curso de inglês (de seis meses) irei fazer um ano de computer science. Todos os dias temos muitos homeworks (trabalhos de casa) pra fazer. É mais comum do que testes, diferente do Brasil. Tenho colegas de classe japoneses, árabes, chineses e russos. Pelo que estou vendo os japoneses são tão simpáticos quanto os brasileiros. Altamente sociáveis e sempre querem estar por perto. Por incrível que pareça, acho que sua cultura se assemelha mais com a nossa que a dos americanos, na minha opinião.

Enfim, recomendo a todos que fazem graduação que tentem o programa Ciência Sem Fronteiras. É uma experiência única!

Por Araújo Filho e Denison Vieira

terça-feira, 9 de setembro de 2014

PIQUET CARNEIRO O MELHOR NA EDUCAÇÃO

Com base nos dados do governo o portal avaliou que o município de Piquet Carneiro tem a melhor educação da região. Confira matéria:

A situação da educação pública de Ibaretama, no Sertão Central cearense, é vergonhosa, isso porque o município ficou 183º posição, ou seja, como média 3.7, e, referência a educação de 4ª e 5ª série. A desconfortável situação ainda pode ser “comemorada”, principalmente porque houve melhoria de 3.3 em 2011, para 3.7 em 2013, mesmo assim não bateu a meta desejada. Ibaretama ficou na vice-lanterna.

Na 8ª e 9ª série, o município subiu apenas para a 181ª posição entre todos os municípios cearenses.  Ficando como a quarta pior educação do Ceará, com média 3.2, a meta seria 4.0.

Na região do Sertão Central cearense, Ibaretama passa a ter a pior qualidade do ensino fundamental. Os dados são do Índice de Desenvolvimento da Educação Básica (Ideb)para o ano de 2013.

Diferente dos demais municípios, o portal Revista Central após um minucioso estudo com base nos dados do governo avaliou que o município de Piquet Carneiro tem a melhor educação de ensino fundamental da região do Sertão Central. Dep. Irapuan Pinheiro também se destaca nos dados de 8ª e 9º série. Pedra Branca e Ibicuitinga também estão entre as melhores.

Confira a posição dos municípios na educação de 4ª a 5ª na região

01ª posição - 5.8 - Piquet Carneiro - 29º no estado
02ª posição - 5.6 - Pedra Branca - 38º no estado
03ª posição - 5.4 - Ibicuitinga -52º no estado
04ª posição - 5.3 - Dep. Irapuan Pinheiro -59º no estado
05ª posição - 5.3 - Milhã - 63º no estado
06ª posição - 5.3 - Quixeramobim - 65º no estado
07ª posição - 5.0 - Banabuiú - 92º no estado
08ª posição - 5.0 - Solonópole - 99º no estado
09ª posição - 4.9 - Choró - 109º no estado
10ª posição - 4.7 - Mombaça - 139º no estado
11ª posição - 4.6 - Canindé - 142º no estado
12ª posição - 4.6 - Madalena - 146º no estado
13ª posição- 4.5 - Boa Viagem - 150º no estado
14ª posição - 4.5 - Quixadá - 153º no estado
15ª posição - 4.4 - Senador Pompeu - 164º no estado
16ª posição - 4.2 - Caridade - 169º no estado
17ª posição- 4.2 - Paramoti - 172º no estado
18ª posição - 4.2 - Itatira - 177ª no estado
19ª posição- 3.7 - Ibaretama - 183ª Estado

Confira a posição dos municípios na educação de 8ª a 9ª na região

01ª posição - 4.7- Dep. Irapuan Pinheiro - 19º no estado
02ª posição - 4.4 - Piquet Carneiro - 48º no estado
03ª posição - 4.3 - Ibicuitinga -70º no estado
04ª posição - 4.3 - Pedra Branca - 74º no estado
05ª posição - 4.2 - Milhã - 86º no estado
06ª posição - 4.1 - Canindé - 95º no estado
07ª posição - 4.1 - Madalena -98º no estado
08ª posição- 4.0 - Boa Viagem - 105º no estado
9ª posição - 4.0 - Mombaça - 114º no estado
10ª posição - 4.0 - Quixeramobim - 117º no estado
11ª posição - 3.9 - Banabuiú - 121º no estado
12ª posição - 3.9 - Quixadá - 128º no estado
13ª posição - 3.8 - Caridade - 132º no estado
14ª posição - 3.8 - Itatira - 136ª no estado
15ª posição- 3.8 - Paramoti - 140º no estado
16ª posição - 3.8 - Solonópole - 143º no estado
17ª posição - 3.6 - Senador Pompeu - 168º no estado
18ª posição- 3.2- Ibaretama - 181ª Estado
19ª posição - 3.0 - Choró - 183º no estado

Fonte: http://www.revistacentral.com.br/

quinta-feira, 4 de setembro de 2014

PEDRA PIQUEENSE VAI PARAR NA BOLÍVIA

Ás sete horas do dia 27 de Agosto, a equipe da Secretaria de Agricultura de Piquet Carneiro já aguardava a presença internacional. Não demorou para que a comitiva vinda da Bolívia chegasse. Formada por pessoas ligadas à alta cúpula do Governo da Bolívia. O país Governado por Evo Morales, descendente de Índio, tem em sua composição 55% de indígenas. Com características muito fortes, cor avermelhada da pele e a estrutura dos rostos. Dois estavam com chapéu típico com as cores muito usadas pelos camponeses bolivianos. 

28082014 - 1220Dos seis, duas mulheres, uma era fluente no português. A comitiva também tinha um representante da TV Estatal do país, um cinegrafista, que gravou cada passo da comitiva. Pedro Lucas, do ministério da agricultura acompanhou eles desde sua chegada ao Brasil, fluente no espanhol, de cara já deu duas dicas para primeira reunião na Secretaria de Agricultura "não anuncie nenhum deles como chefe da delegação e se der alguma coisa para um, dê para os outros". As medidas eram pra evitar um certo ciúme. O Secretário de Agricultura Bismarck Bezerra deu as boas vindas a todos. Francisco Sombra delegado do MDA também acompanhou toda a visita. Ainda na Secretaria Sombra fez uma palestra mostrando dados do ministério, focando principalmente nos Territórios da Cidadania. 

Logo depois um dos Bolivianos falou um pouco, com um espanhol característico, embora não entenda tudo, falou sobre como o Governo tem estatizado empresas, Evo Morales tem sido um socialista daqueles mais rigorosos, segundo seu compatriota que se alinha ao presidente, os mais ricos e os miseráveis tem diminuído no país, favorecendo assim um equilíbrio. Embora muito tenha que se fazer, as afirmações estão corretas, Evo se recusou a seguir a cartilha do FMI e de instituições financeiras e está crescendo bem mais que o Brasil. O próprio FMI parabenizou o país pelo avanço nos últimos anos. Os números indicam que a nação mais pobre da América do Sul cresceu 6,5% no ano passado, o melhor resultado em três décadas. Mas não se trata de um dado positivo isolado. De 2007 a 2012, a expansão anual média do PIB no país foi de 4,8%. E, para este ano, o FMI projeta um crescimento acima de 5%.

No dia seguinte (28) ás 8:30 já estávamos na comunidade de Olho D'água. Ao escutar sobre os projetos da comunidade, os Bolivianos deram exemplos de projetos na Bolívia e na Espanha. Parecem está realmente pesquisando alternativas para os campesinas ou a palavra mais usada no português, camponeses, que nada mais são que as pessoas do meio rural. Visitamos a Casa do Mel, o projeto Mandala e os produtores de polpa de fruta. Também participou do momento o presidente da EMATERCE José Maria Pimenta.

28082014 - 1315

28082014 - 128628082014 - 1274

Na chegada a comunidade um dos bolivianos vestia uma camisa com a foto de Hugo Chávez, ex-presidente da Venezuela, que morreu no ano passado, com uma menção a Che, em uma referencia a Che Guevara. Lucas disse que ele é líder de uma espécie de CUT - Central Única de Trabalhadores, mas nesse caso, boliviana. Ernesto Guevara de la Serna Che Guevara impulsionou a instalação de grupos guerrilheiros em vários países da América Latina. Entre 1965 e 1967, lutou no Congo e na Bolívia, onde foi capturado e assassinado de maneira clandestina e sumária pelo exército boliviano, em colaboração com a CIA, em 9 de outubro de 1967. (pt.wikipedia.org/)  A devoção as figuras socialistas refletem no jeito de governar de Morales.

Indo para o açude da comunidade do Olho d'água,  um deles pegou uma pedra, dessas que a gente encontra na beira de rios com uma cor alaranjada, entregou para outro e disse algo que não entendi, esse, depois de olhar, jogou a pedra no canto e o primeiro disse "não" e falou algo como "vou levar uma pedra do Brasil", guardou.

28082014 - 1338Vira e mexe alguém falava sobre política, os comentários vinham, geralmente com alguns dados das últimas pesquisas para presidente, todos surpresos com crescimento de Marina.  Entre os Bolivianos parava os ar de apreciação, observavam, e até quando não entendiam balançavam a cabeça. Os visitantes vizinhos foram bem simpáticos.

Saímos do Olho D'água e percorremos uns 30 Km até a comunidade de Mororó, bem próximo ao distrito do Catolé da Pista. No meio da seca para todos os lados, Adriano cultiva um verdadeiro oásis, com a água vinda do açude São Miguel, cultiva mais de 20 culturas agrícolas, além de criar alguns animais. 

O prefeito Expedito, que já visitou a área algumas vezes ficou surpreso com as bananeiras e o tamanho dos cachos, segundo Expedito, que é técnico na área, resultados como esse são muito difíceis sem o uso de alguma química. Os Bolivianos não conheciam o quiabo e experimentaram o maracujá.

28082014 - 132528082014 - 135028082014 - 133528082014 - 1345

Por Denison Vieira

EQUIPE DA ESTRATEGIA SAUDE DA FAMILIA MARILU AIRES DE CASTRO

foto dia dos pais mariluA COORDENADORA DA EQUIPE DA ESTRATEGIA SAÚDE DA FAMILIA, DRª NELMA BESSA COMEMORA OS DIAS DAS MÃES E OS DIAS DOS PAIS COM OS SEUS GUPOS ORGANIZADOS.

FORAM MOMENTOS DE LAZER E COMEMORAÇÕES, COM BREVE PALESTRA, DISTRIBUIÇÃO DE BRINDES E LANCHES. PARABENS A TODOS DA EQUIPE PELA A EDUCAÇÃO EM SAÚDE.

EQUIPE DA ESTRATEGIA SAUDE DA FAMILIA

MARILU AIRES DE CASTRO

SEDE DO MUNICIPIOMDE PIQUETC ACRNEIRO

3 - IMG-20140606-WA0008 - Copia (1)

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Noticia enviada por e-mail: lucymel13@bol.com.br

segunda-feira, 1 de setembro de 2014

RECREADORES JUNTAM EXECUTIVO E LEGISLATIVO PARA GINCANA

28082014 - 139328082014 - 1416O Curso de Recreadores do Senac realizou no dia 28 de agosto uma gincana com representantes do Executivo e Legislativo de Piquet Carneiro, com a presença de secretários vereadores e o prefeito.. O momento aconteceu no CRAS. Cada um que chegava recebia uma fita vermelha ou azul para identificar o grupo na hora da competição.

O professor Wesley coordenou as brincadeiras. Logo que começou já se podia sentir o clima de rivalidade. A primeira tarefa foi escolher um grito de guerra, que se perpetuou 28082014 - 1451durante toda competição. Corrida de saco, adivinhações e passa ou repassa estavam entre as atividades da gincana. O vencedor foi o grupo vermelho, mas o importante mesmo foi a interação entre as pessoas.

A turma de recreadores fazem parte do PSG, o programa de Gratuidade da entidade, diferente do Pronatec, esse curso não fornece uma bolsa para os participantes, em contra partida não é exigido número de identificação social (NIS), geralmente usado por quem se enquadra no programa Bolsa Família.

28082014 - 1461

Por Denison Vieira

"O sucesso normalmente contempla aqueles que estão ocupados demais para procurar por ele"