quarta-feira, 8 de janeiro de 2014

Se preocupar com o mundo é cansativo

É realmente cansativo se preocupar, se ocupar com algo que ainda não aconteceu, beira a estupides, mas existem situações que são inevitáveis. Por exemplo, pensar o futuro do pais, da sua vida e do mundo, é algo altamente recomendado, mas cansa. A briga incessante de idéias, que vez por outra se esbarra em pessoas com pensamentos extremos, nos quais não ha mudança de opinião. Ouvi uma frase esses dias que comecei a atribuir para mim "Quando tiver uma opinião imutável, nem fale".

Essa certeza das pessoas, que certamente eu também tenho é outro ponto cansativo. Sou do tipo sedento por informação, nas não essa que se passa em dois dias, como quem morreu ou fofocas. gosto de filosofia, historia, tecnologia, antropologia e tantos outros assuntos que julgo mais profundos e podem realmente nos tornar melhores. Quanto mais informação você busca mais se percebe como um pensador, isso mesmo não tem outro termo, é pensador e cada vez mais achamos que temos noção dos problemas da sociedade. E posso dizer que tenho opinião sobre muita coisa, meto a colher na política ( geralmente um vespeiro), participo de debates com amigos, sou bombardeado por declarações estapafúrdias na internet... e tem uma hora que tudo isso cansa. Nos últimos dias tenho feito questão de ver as coisas mais “sem futuro” na internet, vídeos de humor (as vezes até mesmo pastelão) e um monte de coisas sobre filmes, series  e vídeo games. É realmente uma terapia. Ao invés de se preocupar em quem vai ser o próximo presidente, você descobre que o Ben Affleck vai ser o novo Batman. É um mundo em que você é entorpecido por coisas totalmente supérfluas, mas eu gosto.

Denison F. Vieira

Nenhum comentário :

Postar um comentário

"O sucesso normalmente contempla aqueles que estão ocupados demais para procurar por ele"