quarta-feira, 6 de novembro de 2013

BASTIDORES DA TV CIDADE EM PIQUET CARNEIRO

Não é de hoje que a TV Cidade, canal filiado a Record no Ceará, passa por essas bandas. A primeira vez foi em meados de 2009 e a outra foi em Dezembro de 2010. Nas duas vezes o programa falou sobre o famigerado acidente de trem que aconteceu em 1951, e marcou Piquet Carneiro. Parece que o foco dessa reportagem deve ser diferente, com a seca que estamos passando, o fato do município ainda conseguir produzir, mesmo que em pequena escala, é realmente impressionante, e talvez esse seja o foco dado a reportagem, que deve passar no final do mês de Novembro. Pelo menos foi essa a percepção do primeiro dia de filmagens.

01112013 - 0590Na sexta-feira, primeiro dia de Novembro, a Feira de Agricultura Familiar estava acontecendo desde de cedo da manhã. Recebo uma ligação com as informações do horário que a TV Cidade estaria chegando. A previsão era de 8:30 a 9:30 da manhã, mas o tempo passou. A feira teve seu pico lá pelas 9:30 da manhã, quando víamos um aglomerado de pessoas comprando, passando, ou dando uma olhadinha. Pouco antes,  o forró já havia começado, com Jonatas, mais conhecido como Tiê no vocal, que teve que segurar 4 horas de música. 01112013 - 0732Nesse meio tempo, secretários e vereadores passaram pela feira e o prefeito Expedito, que fez questão de receber a reportagem. Já passavam do meio dia, quando o carro todo adesivado da TV Cidade encostava perto da estação ao lado da feira, eram três homens, o repórter, o cinegrafista e mais um, que parecia ter a função de contra regra, auxiliava os outros dois e era também o motorista. Só se falava sobre a fome dentro da tenda, mas com a chegada da TV, os feirantes se animaram. O Forró continuava, enquanto o cinegrafista fazia 01112013 - 0715as filmagens. Depois de meia hora entrevistando e filmando cenas para reportagem, todos seguiram para Secretaria de Agricultura para o almoço, que teve algo de peculiar, os ingredientes usados foram doados pelos feirantes.

Depois do almoço fomos ao Catolé da Pista no sítio Mororó, onde o agricultor Adriano tem uma plantação de meio equitare, cerca de 5.000² metros (quadrados). Adriano conseguiu projetos para fortalecer o seu, como cisterna, através da Secretaria de Desenvolvimento Agrário e o projeto Quintal Produtivo, o agricultor teve uma despesa própria também para implementar parte da irrigação que é feita através de um açude próximo. Participaram da visita o ex-vereador Xandoca e o presidente da Câmara Niclézio, Valdenia, além do Secretário da Agricultura Bismarck. Pouco tempo depois chega o prefeito Expedito.

Ao chegar, a primeira pergunta de Expedito foi “você sabia que em Piquet Carneiro existia um lugar assim” e eu respondi “Já tinha visto uma mandala, mas uma plantação assim, não”. A pergunta em um tom de orgulho é completamente compreendida, ao andar pela plantação se tem a sensação de não estarmos mais na seca, o clima é realmente agradável, a humidade aumenta e o calor diminui. Expedito é técnico agrícola e em momentos como esse sempre faz questão de dizer “é disso que eu gosto”. Ao andar pela plantação podemos ver vários tons de verde desde o mais claro com a alface, até o mais forte com a pimentinha, além do cheiro verde e até tomate.01112013 - 0784

O cinegrafista incorpora um diretor e começa a montar a cena da entrevista com Adriano. Não ha inverdades, tudo que é dito durante a entrevista é verdadeiro, mas o diretor/cinegrafista orienta Adriano o tempo todo “você fica abaixado e 01112013 - 0792quando ele (repórter) estiver chegando você levanta… e você aí atrás (falando com primo de Adriano, que trabalha com ele) finge que tá fazendo alguma coisa”. Depois de algumas tentativas a parte da entrevista está pronta, a câmera foca na seca e passa para área verde, onde o repórter anda falando o texto, feito na hora, até chegar no entrevistado no meio da plantação.

Alguém chega com um tomate com a parte de baixo escura e faz uma espécie de teste com o técnico Expedito, e pergunta “O que é isso aqui?”, Expedito responde alguma coisa e erra, e logo depois diz, “falta de cálcio”, acertou. Ainda no mesmo dia a reportagem passou pelo projeto Mandala.

01112013 - 0739

Mais fotos aqui

Texto e fotos por Denison F. Vieira

Nenhum comentário :

Postar um comentário

"O sucesso normalmente contempla aqueles que estão ocupados demais para procurar por ele"