quarta-feira, 26 de junho de 2013

SEMANA AJURC (PROGRAMAÇÃO)

Do dia 1º ao dia 7 de julho a Associação da Juventude da Região de Catolé da Pista realizará uma semana de programação. Confira:

image

image

DILMA, ELEIÇÕES LIMPAS E O GIGANTE POR UM BRASIL MELHOR

Escutei a Marina Silva dizer que no momento que a classe política se tornou uma classe deixou de ser legitima sua representação da população. Concordo plenamente com a Ex-senadora por mais que tenhamos bons políticos, fica claro que o sistema está sendo usado para a perpetuação do poder, entre um esquema e outro, se for possível, dão conta dos problemas da sociedade.

Avaliando as manifestações e todo o contesto, Dilma acertou, colocou fogo na lenha e jogou todos nessa fogueira.

A precipitação de Dilma

Os protestos endossaram a possibilidade de a presidente propor um plebiscito e uma assembleia constituinte sobre a reforma política. Só que 24 horas depois a decisão é revogada, ficando só a ideia do plebiscito, que nada mais é do que perguntas que serão feitas aos eleitores sobre como deve ser o sistema das eleições e o financiamento. A possibilidade de reforma política vem a muito tempo sendo debatida e o congresso falhou em realizar, evidentemente por se tratar de políticos acostumados com o sistema que o elegeram. Dilma usa o poder das ruas para ter mais força de fazer mudanças, mas se atropela quando não consegue ter força política para tomar decisões mais claras, e não imediatistas como aconteceu em seus pronunciamentos. Dizer publicamente que corrupção vai ser crime hediondo é algo inimaginável até duas semanas atrás, o gigante que vinha há um bom tempo hibernando, empurrou o Brasil para frente.

Agora outra luta será feita. A oposição e situação vão ter que parar de se digladiar e montar uma agenda para o Brasil. Não importa quem vai ganhar as eleições ano que vem. Devemos, pelo menos por enquanto, deixar as questões partidárias de lado e entrar no debate para uma nova política.

Eleições Limpas

Algumas instituições estão tentando fazer essa mudança através de Lei de Iniciativa Popular, igual ao processo da Lei da Ficha Limpa. A ideia do Eleições Limpas é atacar o atual sistema eleitoral e seu financiamento. Confira algumas propostas:

1. Retira as empresas do financiamento de campanhas;

2. Menos candidatos e mais propostas;

3. Mais liberdade de expressão na internet. O projeto prevê que seja livre a manifestação de apoio a candidatos na internet.

4. Nas eleições proporcionais (deputados e vereadores) será obedecido o sistema de votação em
dois turnos; No primeiro turno de votação, os eleitores votarão em favor de siglas representativas dos partidos ou coligações partidárias. O partido apresentará no segundo turno candidatos em número
correspondente ao dobro das vagas obtidas, respeitada a ordem da lista registrada para a disputa. Serão considerados eleitos os candidatos mais votados no segundo turno.

5. Nas coligações o dinheiro a ser gasto e o tempo de TV vai ser do maior partido. Essa medida deve dificultar a vida dos partidos de aluguel e as coligações sem sentido.

Algumas entidades que apoiam essa iniciativa:

movimento-de-combate-a-corrupcao-eleitoralassociacao-brasileira-de-imprensacaritas-brasileira-organismo-da-cnbbconfederacao-nacional-dos-trabalhadores-na-agricultura

ordem-dos-advogados-do-brasil-conselho-federalcentral-dos-trabalhadores-e-trabalhadoras-do-brasilimage

O INFORME GERAÇÃO APOIA ESSA IDEIA

Por Denison F. Vieira

segunda-feira, 24 de junho de 2013

Dilma anuncia 5 pactos e propõe plebiscito da reforma política

imageAo contrário de seu pronunciamento ao País em cadeia de rádio e TV, a presidente Dilma Rousseff apresentou nesta segunda-feira medidas concretas para a resolução dos principais pontos reivindicados pela onda de protestos há duas semanas. Ela elencou cinco pactos, dos quais o mais ousado é a criação de um plebiscito que debaterá a reforma política e, dentre outros assuntos, deverá propor que o crime de corrupção seja considerado hediondo.

Confira o vídeo no Terra TV: http://terratv.terra.com.br/videos/Noticias/Brasil/4194-475482/Dilma-propoe-plebiscito-para-Constituinte-e-reforma-politica.htm

O primeiro pacto anunciado por Dilma foi o daresponsabilidade fiscal, com o objetivo de garantir a estabilidade da economia diante da atual crise mundial. O segundo pacto é "em torno da construção de uma ampla e profunda reforma política, que amplie a participação popular e amplie os horizontes da cidadania", disse a presidente. "Quero neste momento propor o debate sobre a convocação de um plebiscito popular que autorize o funcionamento de um processo constituinte específico para fazer a reforma política que o País tanto necessita", afirmou a presidente, ao abrir um encontro com os 27 governadores e 26 prefeitos das capitais brasileiras.

Dentro do segundo pacto, a presidente sugeriu a tipificação da corrupção dolosa (quando há intenção) como crime hediondo. "Uma iniciativa fundamental é uma nova legislação que classifique a corrupção como crime hediondo com penas severas", disse a presidente, que reiterou a defesa ao aprofundamento da Lei de Acesso à Informação como instrumento de auxílio ao combate do mau uso do dinheiro público.

O terceiro pacto diz respeito à melhoria do sistema de saúde do País, acelerando "os investimentos já contratados em hospitais, UPAs (unidades de pronto-atendimento) e unidades básicas de saúde", disse Dilma. Segundo a presidente, outra medida que pode ser adotada é a inclusão de hospitais filantrópicos ao programa que rebate dívidas com mais vagas a pacientes do SUS.

Um dos temas mais polêmicos do pronunciamento de Dilma em cadeia nacional, a contratação de médicos estrangeiros foi novamente abordada quando a presidente falou do pacto pela saúde. Segundo Dilma, haverá um grande esforço de incentivos para levar médicos brasileiros a áreas desabastecidas do País. Porém, na indisponibilidade de médicos formados no País, o governo buscará mão de obra estrangeira. "Quando não houver disponibilidade de médicos brasileiros, contrataremos médicos estrangeiros", disse presidente, que ressaltou que apenas 1,79% dos médicos que trabalham no País são formados no exterior, em comparação com outros países como a Inglaterra (onde os estrangeiros são 37% do total) e Estados Unidos (25%).

"Sempre ofereceremos primeiro aos médicos brasileiros as vagas a serem preenchidas. Precisa ficar claro que a saúde do cidadão deve prevalecer sobre quaisquer outros interesses", afirmou. O Conselho Federal de Medicina e os conselhos regionais vêm reagindo a proposta do governo. "Sei que vamos enfrentar um bom debate democrático", antecipou a presidente.

O quarto pacto anunciado por Dilma diz respeito ao transporte público e mobilidade urbana, gatilhos da série de protestos. A presidente anunciou um investimento de R$ 50 bilhões para obras de mobilidade urbana, como a construção de linhas de metrô e corredores de ônibus. Além disso, Dilma anunciou a criação do Conselho Nacional do Transporte Público, "com participação da sociedade e dos usuários", em busca de "maior transparência e controle social no cálculo das tarifas". A presidente também afirmou que o governo pretende desonerar os impostos PIS e Cofins cobrado do óleo diesel usado em ônibus e da energia elétrica empregada em trens e metrôs.

Sobre o tema, Dilma defendeu a mudança da matriz de transportes ampliando o deslocamento sobre trilhos. Ela criticou ainda gestões anteriores que, segundo ela, deixaram os investimentos no setor de lado, por muito tempo. Também reiterou medidas recentes adotadas para que o aumento nas tarifas de ônibus e metrôs fossem mais brandos.

A educação foi o tema central do quinto pacto anunciado por Dilma. A presidente reiterou a defesa pela aprovação da proposta que destina 100% dos royalties do petróleo à educação do País, e pediu apoio do Congresso para acelerar a tramitação da pauta. "Ao longo desse processo, essa tem sido uma questão que eu recebi muita simpatia de governadores e de prefeitos. É um esforço que devemos fazer para que haja uma mudança significativa no curto, médio e longo prazo no nosso País", disse a presidente, que completou: "confio que os senhores congressistas aprovarão esse projeto, que tramita no Legislativo em regime de urgência".

“Mais do que um debate, estamos aqui para apontar soluções", disse Dilma no encontro com governadores e prefeitos. A presidente avaliou as manifestações como parte de um "inequívoco e ininterrupto" processo de transformação social nos últimos anos. "As ruas estão nos dizendo que o País quer serviço público de qualidade, quer mecanismos mais eficientes de combate a corrupção", avaliou Dilma. Ela ponderou, no entanto, que o governo sofre "inúmeras barreiras", mas que "a energia que vem das ruas é maior do que qualquer obstáculo".

A presidente voltou a condenar os atos de vandalismo que tentam "manchar" a manifestação popular. "Condenei e alertei em rede nacional que meu governo não vai transigir na manutenção da lei e da ordem. (...) Repito essa disposição perante os senhores e as senhoras", afirmou a presidente.

 

Fonte: Terra

domingo, 23 de junho de 2013

Festival de Quadrilhas 2013

No dia 20 e 21 aconteceu na quadra João Ferreira Lima o Festival de Quadrilhas de Piquet Carneiro. Escolas bairro e distritos participaram do evento que contou também com a participação das autoridades locais. O Informe gerAção fez alguns vídeos(estão na pagina do facebook) e produziu um álbum de fotos da festa. O professor Osmar Filho também fez alguns vídeos que estão em seu canal do youtube.

Comfira um apanhado do que foi produzido:

DSCF3237

MAIS FOTOS DO FESTIVAL

Mais atualizações de videos e fotos no http://www.facebook.com/informegeracao

Por Denison F. Vieira 

sexta-feira, 21 de junho de 2013

Piquet Carneiro na rota de distribuição do milho

O milho que foi doado pelo Ministério da Agricultura e Pecuária (Mapa) ao governo estadual começa a ser distribuído neste sábado. O primeiro trem com 20 vagões está previsto para sair amanhã, de São Gonçalo do Amarante, onde está o Porto do Pecém, e segue para as cidades de Quixeramobim, Senador Pompeu e Piquet Carneiro, na região do Sertão Central. Na primeira remessa, serão entregues 800 toneladas.
Os grãos chegaram a granel por meio de navio no Porto do Pecém FOTO: FABIANE DE PAULA

Desde o mês passado que os criadores no sertão vivem a expectativa da distribuição do milho. Os grãos chegaram a granel por meio de navio no Porto do Pecém. Em dois armazéns, trabalhadores fazem o serviço de ensacamento. A entrega da remessa aos produtores rurais depende da demanda apresentada nos escritórios da Ematerce.

De acordo com o presidente da Ematerce, José Maria Pimenta, 30 mil criadores, no Ceará, estão cadastrados no programa Venda Balcão da Companhia Nacional de Abastecimento (Conab) e mais de 12 mil já efetuaram o pagamento dos boletos. "Vamos atender 46% da meta estabelecida para cada produtor rural", disse Pimenta.
Nas cidades em que há estação ferroviária, a entrega do produto será feita nos vagões diretamente aos produtores que apresentarem os boletos de pagamento. Nas outras cidades, o milho será distribuído por meio de transporte rodoviário. A partir de Quixeramobim, o milho seguirá em carretas para as cidades de Madalena e Boa Viagem. Em Senador Pompeu, haverá distribuição para Milhã, Solonópole e Pedra Branca.

"Temos a parceria das Prefeituras para o transporte do produto", frisou Pimenta.A distribuição é coordenada pela Central de Abastecimento do Ceará (Ceasa).

A logística de distribuição foi definida em reunião realizada na Ceasa entre técnicos da Ematerce, Secretaria de Desenvolvimento Agrário (SDA), da empresa Transnordestina e da Ceasa, na segunda-feira passada. "O roteiro de entrega será definido 48 horas antes", explicou Cláudio Matoso, gerente de apoio técnico da Ematerce.

Em razão da precariedade da ferrovia por falta de manutenção, em especial da Linha Sul, o trem segue bem devagar, em média de 20km por hora. A segunda saída do trem está prevista para a próxima quarta-feira em direção às cidades de Acopiara e Iguatu, na região Centro-Sul, e Crato, no Cariri.

Posteriormente, haverá a distribuição para a região Norte. Nesse caso, o trem parte de São Gonçalo indo diretamente até a cidade de Sobral. De lá, segue por meio de transporte rodoviário para as cidades da região, incluindo a Serra da Ibiapaba.

O presidente da Ematerce, José Maria Pimenta, acredita que até o fim de julho, o serviço de distribuição de 30 mil toneladas de milho doadas pelo governo federal ao Ceará, estará concluído. "Esse total de grão, se fosse distribuído somente por rodovia, seriam necessárias mil carretas", comparou Pimenta.

Nas cidades do interior, os produtores rurais aguardam com expectativa a entrega do milho. "Já pagamos com antecedência e esperamos que não demore", disse o criador Manoel Costa, do município de Milhã. "A nossa preocupação é com o segundo semestre, quando a seca ficará mais intensa".

Há 15 dias, o sistema de cadastro dos criadores está aberto nos escritórios da Ematerce, nas cidades do Interior. "Serão atendidos os produtores cadastrados na Conab e que comprovem ter vacinado o rebanho contra aftosa", explicou o titular da DAS, Nelson Martins.

Quantidade

O preço do milho vai seguir a tabela da Conab que comercializa o produto por meio do programa Venda Balcão. Para os produtores da agricultura familiar e que recebem uma cota de até três mil quilos, a saca de 60 quilos será vendida por R$ 18,20 e para os demais (pronafianos ou não) que têm direito a mais de 6 mil quilos, o preço da seca é de R$ 21,00. A quantidade ofertada para cada criador segue também o limite segundo o número de rebanho.

De acordo com a Conab, a demanda mensal no Ceará em abril passado era de 30 mil toneladas de milho. A procura cresceu no Estado por causa da seca que se prolonga desde 2012. O secretário Nelson Martins esclareceu que, apesar do milho ser doado ao governo do Estado, pelo governo federal, não há possibilidade de fazer o mesmo com os criadores, pois há despesas com o transporte do produto que precisam ser cobertas.

HONÓRIO BARBOSA
REPÓRTER

Fonte: http://diariodonordeste.globo.com

terça-feira, 18 de junho de 2013

AS DIVERSAS FACES DAS MANIFESTAÇÕES

Vou tentar fazer um apanhado de videos e textos que podem nos fazer entender melhor as faces dos protestos. Está bem claro que não é mais por 0,20 centavos. Depois da brutalidade dos policiais na semana passada e da completa cegueira das grandes mídias, mais pessoas entraram nessa “briga”. Aqui vai algumas opiniões e depoimentos sobre os protestos.

No mundo da vlogosfera ou dos videologgers, ontem o dia foi de convocação veja o exemplo do Rafinha Bastos, PC Siqueira e Cauê Moura. Os três juntos já tinham mais de um milhão de acessos ontem a noite. Durante os movimentos, representantes do “Passe Livre” estavam no centro do Programa Roda imageViva, lá debateram exclusivamente a questão da mobilidade urbana. (Confira o vídeo do Primeiro Bloco do programa). Ponto alto do programa foi o fato de uma jornalista da TV Folha, Giuliana Vallone está com olho roxo de uma bala de borracha que à atingiu durante os protestos de quinta.

A repercussão das manifestações histórica 

Hoje pela manhã o tom das emissoras, tanto a Globo como a Record mudou completamente, um súbito apoio aos manifestantes eclodiu de declarações que a cada dez palavras diziam “pacificamente”. O observatório da impressa tem acompanhado as viradas da grande mídia brasileira e sua abordagem. (www.observatoriodaimprensa.com.br/  vale a pena ler alguns textos). Ouvi também a opinião do jornalista Kennedy Alencar que levantou uma bola muito importante nesse contesto. Kennedy diz em seu comentário que as reinvindicações são legitimas, mas repudiar a política continua sendo um problema, afinal é através dos partidos que se pode fazer mudança (confira o áudio logo abaixo do comentário. Parei para assistir a TV Câmara e lá já se votava uma lei, no caso na comissão de assuntos econômicos, para diminuir um imposto Federal e Estadual sobre as passagens. As manifestações assustaram os políticos que agiram de forma embaraçada, quatro capitais baixaram a tarifa. Eduardo Campos, Governador de Pernambuco anunciou uma diminuição de 0,10 centavos. Mas a verdade é que a grande maioria está querendo mais transparência nos gastos, mais respeito com o dinheiro público.

imageNo meio disso tudo o twitter da revista Veja foi hackeado. Outros vloggers postaram sua impressão sobre o acontecido, deixo como exemplo o do site jovemnerd.com. Enquanto assistia a Encontro com Fátima (acredite), a TV Câmara e as imagens da Record News me deparei com um evento oficial da presidência no canal do Governo Federal. a NBR.

Esperei a Dilma discursar sobre o tema em pauta da reunião, “Marco regulatório do setor de mineração”, na expectativa que ela falasse sobre as manifestações. Pois bem, gravei o vídeo da parte em que Dilma começa a falar sobre os manifestos, no momento desta postagem o vídeo já tinha sido compartilhado 44 vezes: Confiram logo abaixo

Nota do editor

Está claro a importância desse movimento para o Brasil, mas devemos pensar profundamente em qual vai ser o próximo passo. Vamos xingar todos políticos de corruptos e molhar a mão do guarda ou vamos demostrar que queremos políticos decentes, sendo nós decentes no dia a dia. Não vai ser só saindo na rua que vamos resolver os problemas, temos que participar das decisões que são tomadas de maneira mais ativa. O conselho que deixo, é que, se você tem vontade de ver o Brasil mudar se engaje em algo além. Se você odeia partidos políticos trabalhe em uma ONG, se lá tem corrupção denuncie. Se você achou que é mais honesto do que os políticos que aí estão, junte uma galera e filia-se a um partido, vá comendo pelas beradas até tirar os canalhas que existem por lá.

Não será tarefa fácil, mas podemos sim mudar o Brasil e transformar toda essa vontade em coisas positivas para nossa sociedade. Não podemos deixar o ódio nos consumir e esquecer o essencial que é trabalhar para que tudo melhore de fato, talvez daqui ha um tempo com ordem e progresso.

Por Denison F. Vieira

ANDAMENTO DAS OBRAS NO DISTRITO DO IBICUÃ

Confira os vídeos com o andamento das obras do novo posto de saúde e da quadra de esportes do distrito de Mulungu em Piquet Carneiro-CE

terça-feira, 11 de junho de 2013

ELEIÇÃO DA ESCOLA MAL. CASTELO BRANCO

Na segunda-feira, dia 10 de junho de 2013, a Escola Castelo Branco, por seus corpos docente e discente, além dos pais, elegeu a Professora Ana Passos como sua NOVA DIRETORA. Ana Passos desempenha o cargo de Coordenadora Pedagógica da Escola Castelo Branco desde 1999. Ana é a 8º Diretora da Escola Castelo Branco, dando, desta maneira, prosseguimento a uma cadeia sucessória de diretores, que se iniciou com a professora Maria Tarcília Monteiro de Sales em 9 de março de 1979.
De parabéns, pois, nossa Comunidade Escolar por haver escolhido uma pessoa capacitada, humana, simples, amiga e popular, para coordenar, em parceria com os segmentos da escola, o nosso educandário.965365_475575609191553_1576347772_o

Na foto ao lado a eleita, Ana Passos, no meio de familiares

Os números da vitória da Ana: 310 votos na sede, o que representa 160 à frente de sua opositora; com mais 93 votos sufragados no anexo da Castelo, que funciona no Distrito de Ibicuã, o que representa 24 votos a mais que sua opositora. Isto perfaz um total de 403 (QUATROCENTOS E TRÊS VOTOS). No geral, Ana ganhou 184 votos à frente da Profa. Emília. 799 votantes foram cadastrados. 627 votaram.

Por Osmar Filho

DSCF2881

 

 

 

Ana Passos após a vitória esteve na Festa do Padroeiro (Foto: Ana Maria)

segunda-feira, 10 de junho de 2013

REUNIÃO DA CÂMARA REPERCUTE O AUMENTO SALARIAL DOS PROFESSORES

DSCF2850DSCF2851A reunião da Câmara Municipal, no dia 7 de junho na sexta feira, começou com a participação de representantes da Universidade Regional do Cariri (URCA). O objetivo da visita da comitiva foi um pedido para que a câmara aprecie um projeto que prevê a criação de cargos de gestão de saúde, nos próximos concursos públicos. A faculdade tem passado por todas as cidades que tem alunos na instituição. Piquet Carneiro possuí um aluno, João Cesário (foto ao lado a esquerda; na direita Denis Bastos) que estuda em Acopiara. Elisângela Lucas que apresentou a proposta para os vereadores, que ficaram de marca uma outra data para apreciação do projeto.

SOBRE O AUMENTO AOS PROFESSORES

Na sessão do dia 24 de maio os vereadores votaram o projeto de lei que concede aumento de 8% aos professores de Piquet Carneiro. Na ocasião o vereador Bebeto disse ter uma portaria do Governo Federal dando o valor de 16%. Na sessão do dia 7 o presidente da casa indagou sobre esse aumento e pediu explicações do vereador,  “nós percebemos que não existiu os 16%… quero que o vereador Bebeto se coloque, porque nós queremos entender melhor como isso aconteceu”, disse o presidente da casa. O vereador disse que o material estava em casa, e que tinha recebido de última hora e se disponibilizou a pedir desculpas se por acaso estiver mesmo errado. O vereador Dinômedes e o Vereador Chico Macambira também comentaram a situação, dizendo que houve muita pressão dos professores, Chico chegou a dizer que uma de suas filhas foi pressionada na escola sobre o tema.

Confira o áudio, do final da reunião, da discussão do tema:

DSCF2852DSCF2848

Por Denison F. Vieira

domingo, 9 de junho de 2013

2º Encontro dos Filhos e Amigos de Piquet Carneiro

Já começou a divulgação para o 2º Encontro dos Filhos e Amigos de Piquet Carneiro que vai acontecer no dia 17 de agosto em Fortaleza. Confira o vídeo, com ponto alto para os erros de gravação no final.

Fonte: http://www.youtube.com/user/paolootaviano

quinta-feira, 6 de junho de 2013

Maresia, sente a maresia!

ArtigoImg_136pequeno

De cara logo digo, sou a favor da legalização da maconha.

Nunca fumei um beck, e não posso dizer que tive oportunidade, mesmo vivendo minha infância no Rio de Janeiro, morando ao lado de uma boca de fumo, nunca me ofereceram nada. Por ironia do destino, a primeira vez que vi alguém fumando maconha foi justamente em Piquet Carneiro-CE, fiquei surpreso, mas agi naturalmente, não sou do tipo preconceituoso. Minha família de evangélicos me manteve longe de qualquer tipo de droga e acredito que essa é a maior herança da época que frequentava a igreja. Vejo por aí muita desinformação sobre os tipos de drogas, tem muita gente que ainda acredita que maconha é a mesma coisa de cocaína, e pior, acha que a maconha é a mesma coisa que o crack (esse sim um veneno), não é a toa que existe uma política nacional encabeçada pelo Governo Federal só de combate ao Crack.

Minha experiência com a bebida alcoólica sempre foi através de outras pessoas, costumo dizer que, ironicamente, a primeira vez que bebi, foi vinho na igreja, não gostei. Perdi um tio e um amigo para o álcool, não consigo entender como ainda é normal termos amigos e parentes embriagados todo final de semana e, hipocritamente, criticamos quem fuma maconha. Tenho uma política muito pragmática sobre o tema, não bebo nem fumo só por uma questão de preservação da minha saúde, já basta às porcarias que engordam. Não faz nenhum sentido, a bebida que mata tanto, ser liberada e um produto essencialmente natural ser proibido.

Mas continuo sendo contra o uso da maconha, pura e simplesmente porque quando você compra está financiando alguém que provavelmente vai andar armado, e cedo ou tarde vai causar problema para sua comunidade, mas quem sabe no dia que liberar eu não dê um tapinha.

Por Denison F. Vieira

Escola Pingo de Gente realiza desfile ecológico

DSCF2822

Não é de agora que a Escola Municipal Pingo de Gente tem uma ligação com as questões ecológicas. Ao chegar na parte de trás da escola os visitantes podem ver um canteiro, que é cultivado para o trabalho com as crianças. Mas no dia 5, uma quarta feira, a escola realizou um desfile com roupas voltadas para questão ecológica. A secretária de Meio Ambiente esteve presente no evento e foi uma das juradas que decidiu pela melhor roupa (foto ao lado: entregando a faixa). A maioria das roupas foi feita pela diretora da escola Tertulina.

Além do desfile, também foi apresentado aos presentes maquetes construídas pelos alunos.

MAIS FOTOS DO EVENTO AQUI

Por Denison F. Vieira

Programa Atleta na Escola seleciona talentos no atletismo

No dia 5 de junho Piquet Carneiro realizou, entre as escolas, competições de atletismo para selecionar alunos para as próximas etapas das competições do programa Atleta na Escola. O evento aconteceu na saida da cidade para as competições de corrida e no prado para o salto.

DSCF2775O programa Atleta na Escola pretende democratizar o acesso ao esporte, incentivar a prática esportiva nas escolas e identificar e orientar jovens talentos. O programa também tem como objetivo servir de base para o plano Brasil Medalhas, investimento de R$ 1 bilhão em ações para que o país fique entre os dez melhores colocados nos Jogos Olímpicos e Paraolímpicos do Rio de Janeiro em 2016.

O Ministério da Educação fará repasse de recursos para a realização de competições pelas escolas, municípios, estados e Distrito Federal. Os recursos serão distribuídos por intermédio do Programa Dinheiro Direto na Escola, operacionalizado pelo Fundo Nacional para o Desenvolvimento da Educação (FNDE).

Os Jogos Escolares serão divididos em quatro etapas. A primeira fase será realizada em cerca de 20 mil escolas até o dia 9 de junho. A segunda etapa, de 10 de junho a 31 de julho de 2013, será realizada pelos municípios com mais de 100 mil habitantes ou para um grupo de municípios com menos 100 mil habitantes, pelos estados e Distrito Federal. Cada município ou região classifica 36 alunos, com totalizando 14.400 classificados. A terceira fase, até 15 de agosto (12 a 14 anos) e 30 de setembro(15 a 17 anos), de caráter estadual ou distrital, cada unidade da federação classifica 24 alunos, totalizando 648 classificados para a etapa nacional.

Os Jogos Escolares da Juventude, competição nacional, será realizada pelo Comitê Olímpico Brasileiro. Para os estudantes de 12 a 14 anos, acontecerá de 5 a 14 de Setembro de 2013, em Natal.  Para faixa etária de 15 a 17 anos, a disputa será realizada de 7 a 16 de Novembro de 2013, em Belém.

 

Com informações http://portal.mec.gov.br/

Mais informnações: http://www.atletanaescola.mec.gov.br/

MAIS FOTOS DO EVENTO AQUI

Por Denison F. Vieira

segunda-feira, 3 de junho de 2013

Programa Atleta na Escola

Atleta da EscolaAs secretarias de educação estaduais e municipais podem fazer sua adesão ao programa Atleta na Escola até 1º de junho, por meio do Sistema Integrado de Monitoramento, Execução e Controle (Simec). O principal objetivo do programa é difundir a prática esportiva entre os estudantes brasileiros, e assim identificar jovens talentos.

De acordo com balanço das 15h30 desta quarta-feira, 22, 24 estados já aderiram ao programa, bem como 3.464 municípios. A iniciativa de formação esportiva escolar tem como meta a participação de 5 milhões de estudantes entre 12 e 17 anos, de 20 mil escolas.

O Ministério da Educação fará repasse de recursos para a realização de competições pelas escolas, municípios, estados e Distrito Federal. Os recursos serão distribuídos por intermédio do Programa Dinheiro Direto na Escola (PDDE), operacionalizado pelo Fundo Nacional para o Desenvolvimento da Educação (FNDE).

“O brasileiro já demonstrou em várias modalidades o talento para o esporte. Temos criatividade, capacidade, competência, principalmente nos esportes que popularizamos”, salientou o ministro da Educação, Aloizio Mercadante. Segundo ele, ainda é preciso estimular algumas práticas esportivas no Brasil, como o atletismo e a corrida. “Estamos construindo a perspectiva de deixar um legado das Olimpíadas nas escolas. Essa será uma das heranças que vamos deixar”, completou.

Lançado no início de maio pelos ministérios da Educação, Defesa e dos Esportes, o programa pretende democratizar o acesso ao esporte desde a escola, incentivar a prática esportiva nas escolas e identificar e orientar jovens talentos escolares. O Atleta na Escola também tem como objetivo servir de base para o plano Brasil Medalhas, investimento de R$ 1 bilhão em ações para que o país fique entre os dez melhores colocados nos Jogos Olímpicos e Paraolímpicos do Rio de Janeiro em 2016.

Informações: Antonio Carlos

domingo, 2 de junho de 2013

SINDICATO DOS TRABALHADORES RURAIS REALIZA REUNIÃO PARA FAZER REINVINDICAÇÕES

DSCF2636O Sindicato dos Trabalhadores Rurais de Piquet Carneiro realizou na de manhã do dia 31/05 reunião com os agricultores e autoridades do poder executivo e legislativo, além de representantes da entidade na região. A ideia primordial do encontro foi colocar em pauta as reinvidicações da categoria e mostrar o que tem sido feito pelo sindicato nos últimos anos. O presidente Hugo Carvalho entregou um oficio para o Prefeito Expedito com 5 propostas:

1. Estudo de 50 poços profundos para serem distribuidos entre as comunidades.

2. Incluir no currículo escolar municipal a matéria AGRICULTURA FAMILIAR.

3. Solicitar da Coelce ou qualquer órgão competente a mudança das linhas monofásicas para trifasicas. Pois os agricultores não estão podendo ter um uso melhor de energia, pois só serve para o consumo doméstico por sua baixa tensão. A proposta visa o potencial de irrigação.

4. Maior atenção a regularizaçao fundiária. Seja liberado o mais rápido possível os títulos de propriedade tendo em vista o programa Minha Casa Minha Vida e o Plano Nacional de Habitação Rural (PNHR).

5. Criação de um fundo Municipal nos moldes do Seguro Safra entre prefeitura e agricultores.

Depois do evento o presidente do STTR conversou com Informe gerAção. Hugo comentou as conquistas da entidade nos últimos anos e as mais recentes, por exemplo as 50 casa que serão distribuídas pela zona rural. o presidente também citou 0os projetos de quintais produtivos e cisternas de enxurrada que estão em andamento. Nos próximos dias devem começar o cadastro para os novos projetos.

Confira a entrevista na íntegra com Hugo Carvalho:

 

DSCF2647

Mais fotos do evento

Por Denison F. Vieira

"O sucesso normalmente contempla aqueles que estão ocupados demais para procurar por ele"