sexta-feira, 5 de abril de 2013

Memória - Francisco Faustino Pinheiro

Representação em Feiras Municipais - Quixadá(* 14 de julho de 1944 + 3 de abril de 2013)

A notícia da “Páscoa definitiva”  do Sr. Francisco Faustino, Secretário Municipal da Agricultura Famililar,  na noite do dia 3 de abril de 2013, entristeceu-nos a todos.

Embora crentes na “Ressurreição” prometida por Cristo aos que, em seu nome, forem batizados, e conservarem acesa, pela palavra e pelo exemplo,     a chama da Fé...  a partida de um irmão,  amigo  e companheiro de jornada, sobretudo da têmpera do secretário Faustino,  é sempre algo doloroso. Isto, reconheceu-o o próprio Governo do Município, que, por ato de Sua Excelência, o Senhor Prefeito Expedito José do Nascimento, estará, pelos próximos 3 dias,  coberto de “luto oficial” , de que servirá de sinal, se for o caso,  as bandeiras hasteadas a meio mastro,  nas repartições da Prefeitura.

DADOS BIOGRÁFICOS DO SAUDOSO EXTINTO

FRANCISCO FAUSTINO PINHEIRO:  Era natural de Solonópole, tendo nascido no dia 14 de julho de 1944.
Contraiu núpcias com Francisca Rocicleide Pinho, de cujo consórcio nasceram 4 filhos.
Suas primeiras experiências na área do serviço comunitário datam de 1964.

1964 – COORDENADOR DA JAC (JUVENTUDE AGRÁRIA CATÓLICA) E

No curso de 1964 , época  bastante conturbada  no cenário da  Política brasileira, Francisco Faustino passa a integrar a JAC ( Juventude Agrária Católica ) , chegando a assumir, em nível de diocese de Iguatu, por escolha de Dom José Mauro, então bispo diocesano, a coordenação daquela importante entidade.Francisco Faustino se desincumbirá, de tal função, no decorrer do biênio 1964-1966, sob a tutela do Pe. Elmas Feliciano de Carvalho, naquele tempo vigário da paróquia de Milhã.
As ações empreendidas pela Juventude Agrária Católica se expandiram, e, assim, como era natural viesse a acontecer, ganharam contornos mais amplos, chegando-se,em razão destes fatos, à necessidade de se constituir, em 1967, uma DIRETORIA desta, em nível de estado.
Houve, por conseguinte, a adesão, ao projeto de vida da JAC, das igrejas particulares de Fortaleza, Iguatu, Crateús e Sobral.
Por se tratar de uma entidade de caráter comunitário, a JAC esteve na mira do tristemente célebre SERVIÇO NACIONAL DE INFORMAÇÃO ( SNI ) , órgão vinculado à Presidência da República, nos sombrios tempos dos governos de repressão.
Segundo Francisco Faustino,  “houve até membros da JAC, embora não aqui na Diocese de Iguatu, que chegaram mesmo a ser detidos e interrogados, nos frios porões das celas de tortura”.
A JAC foi extinta em 1969, justamente em decorrência da pressão de que era alvo por parte do governo revolucionário de 1964.

1970 – NOMEADO, POR DOM MAURO, DIRETOR DA CÁRITAS DIOCESANA DE IGUATU

Em dezembro de 1969, Francisco Faustino desvincula-se da JAC, e retorna à Diocese de Iguatu.
Em março de 1970, ele passa a assumir, por indicação de Dom Mauro, o cargo de diretor da CÁRITAS DIOCESANA;  sem dúvida, este, um importante setor do governo episcopal.

1971 - AÇÕES EM MONTE GRAVE (MILHÃ)

Mas o deslanche das ações de Francisco Faustino, no campo do associativismo, acontece, para valer, a partir de 1971, quando ele inicia suas atividades de líder comunitário, junto à Comunidade de Monte Grave, no município de Milhã.
Daí, desse seu trabalho, resulta uma obra magnífica, que se tornou conhecida Brasil afora, pelo que ali, em Monte Grave, mediante a força do associativismo, foi possível ser feito: HOSPITAL COMUNITÁRIO, CASA DO IDOSO, CRECHE COMUNITÁRIA E RÁDIO COMUNITÁRIA, sendo esta a primeira emissora de rádio ,de caráter comunitário, da região Sertão Central, inaugurada em 1993.
Faustino fixará residência, em Monte Grave, de 1971 até 2005. Neste longo período, exercerá , à frente daquela Comunidade Eclesial de Base, o cargo de animador de pastoral, , articulando a celebração da Palavra, ou o Dia do Senhor.

2005 - SECRETÁRIO EM MILHÃ-CE

Em 2005, atendendo a convite de Cláudio Dias, então prefeito municipal de Milhã, Francisco Faustino assume a Secretaria da Agricultura daquele município. Permanecerá, em tal posto, até 2007, tendo ali desenvolvido grandes ações.
O brilho de sua capacidade de líder, aliado ao acúmulo de conhecimento técnico-administrativo, que Francisco Faustino soube adquirir, ao longo de tantos cargos exercidos, não passou despercebido, ante os olhos do então prefeito eleito de Piquet Carneiro, Expedito José do Nascimento,o qual, por sua vez, não hesitou em convidá-lo,em dezembro de 2008, para,ocupando o cargo de Secretário Municipal da Agricultura Familiar, tornar-se,por extensão dos fatos, seu digno sucessor à frente daquela importante pasta do governo do município.

2009 – POSSE COMO SECRETÁRIO MUNICIPAL DA AGRICULTURA EM PIQUET CARNEIRO

No dia 1° de janeiro de 2009, o novo gestor municipal, Expedito José, ao dar posse à sua equipe de secretários, proclama, alto e bom som, o nome de Francisco Faustino, como o neo ocupante da Secretaria da Agricultura.

Ao correr  do  quadriênio 2009/12,  muita  luta,  trabalho, e  esforço do Secretário Faustino e de sua abalizada equipe, pelo bem de Piquet Carneiro.

O rastro desta sua ação entre nós, pode ser lido e apreciado, em diversas cartilhas que tem sido, de quando em quando, publicadas, propagando, assim, as ações desenvolvidas no âmbito da agricultura familiar.
A mais recente publicação dá-nos conta, por exemplo, das principais ações – e são muitas! - realizadas entre 2009 e 2011, sob o sugestivo título: “SECRETARIA DA AGRICULTURA FAMILIAR – 3 ANOS MELHORANDO A VIDA DAS FAMÍLIAS DO CAMPO.

2011/13 - PERÍDO DE ENFERMIDADE E FALECIMENTO

Em abril de 2011 a terrível constatação, de que ele mesmo falou em maio de 2012, nestes termos:  Quero iniciar dando um testemunho… fiz agora 67 anos, mas tenho o privilégio de dizer que nasci de novo… em abril de 2011 eu tive a surpresa desagradável de ser diagnosticado com um câncer, um linfoma e, naquele momento… confesso, que faltou terra nos pés... e pensei ‘minha vida terminou’. Mas o fato é que isso demorou dois minutos. Eu me recuperei: ‘não a vida vai começar’… no dia 18 de julho de 2011 comecei o tratamento, a quimioterapia... quem conhece dá pra ficar arrepiado. Tive oito aplicações. Terminou em dezembro. E tive a grande satisfação de em fevereiro de 2012 fazer o exame oficial, o mais confiável… e aquele exame disse ‘você não tem mais câncer’ (aplausos). Agradeço a tantos que acompanharam de perto essa situação, principalmente o pessoal da casa que ficaram solidários o tempo todo… esse foi resultado, nasci de novo.”

Nasceu, de “novo”, sim, Francisco Faustino, mas agora, para Deus, que, com a visita da “irmã morte” curou-lhe, definitivamente, de todas as dores, sofrimentos e imperfeições desta vida de aquém-túmulo...

Requiescat in pace!

(Por Osmar Lucena Filho)

Nenhum comentário :

Postar um comentário

"O sucesso normalmente contempla aqueles que estão ocupados demais para procurar por ele"