quarta-feira, 25 de julho de 2012

BIOGRAFIAS DAS PERSONALIDADES ÀS QUAIS O TÍTULO DE CIDADANIA FOI ENTREGUE, NO DIA 21 PARTE 2

banner informe geracao6- FRANCISCO FAUSTINO PINHEIRO (SECRETÁRIO MUNICIPAL DA AGRICULTURA FAMILIAR)

Francisco Faustino Pinheiro é natural de Solonópole, tendo nascido no dia 14 de julho de 1944.
É casado com Francisca Rocicleide Pinho, de cujo consórcio nasceram 4 filhos.

Suas primeiras experiências na área do serviço comunitário datam de 1964, portanto a contar de um ano altamente significativo da História da República, pois marco do limiar do período ditatorial, com os generais-presidentes no comando da Nação.

Em meio , pois, a esse delicado momento da fase republicana, Francisco Faustino passa a integrar a JAC ( Juventude Agrária Católica ) , chegando a assumir, em nível de diocese de Iguatu, por escolha de Dom José Mauro, então bispo diocesano, a coordenação daquela importante entidade.

Francisco Faustino se desincumbirá, de tal função, no decorrer do biênio 1964-1966, sob a tutela do Pe. Elmas Feliciano de Carvalho, naquele tempo vigário da paróquia de Milhã.

As ações empreendidas pela Juventude Agrária Católica se expandiram, e, assim, como era natural viesse a acontecer, ganharam contornos mais amplos, chegando-se,em razão destes fatos, à necessidade de se constituir, em 1967, uma DIRETORIA desta, em nível de estado.

Houve, assim, a adesão, ao projeto de vida da JUC, das igrejas particulares de Fortaleza, Iguatu, Crateús e Sobral.

Por se tratar de uma entidade de caráter comunitário, a JUC esteve na mira do tristemente célebre SERVIÇO NACIONAL DE INFORMAÇÃO ( SNI ) , órgão vinculado à Presidência da República, nos sombrios tempos dos governos de repressão.

Segundo Francisco Faustino, houve até membros da JUC, embora não aqui na Diocese de Iguatu, que chegaram mesmo a ser detidos e interrogados, nos frios porões das celas de tortura.
A JUC foi extinta em 1969, justamente em decorrência da pressão de que era alvo por parte do governo revolucionário de 1964.

Em dezembro de 1969, Francisco Faustino desvincula-se da JUC, e retorna à Diocese de Iguatu.
Em março de 1970, ele passa a assumir, por indicação de Dom Mauro, o cargo de diretor da CÁRITAS DIOCESANA, sem dúvida, este, um importante setor do governo episcopal.
Mas o deslanche das ações de Francisco Faustino, no campo do associativismo, acontece, para valer, a partir de 1971, quando ele inicia suas atividades de líder comunitário, junto à Comunidade de Monte Grave, no município de Milhã.

Daí, desse seu trabalho, resulta uma obra magnífica, que se tornou conhecida Brasil afora, pelo que ali, em Monte Grave, mediante a força do associativismo, foi possível ser feito: HOSPITAL COMUNITÁRIO, CASA DO IDOSO, CRECHE COMUNITÁRIA E RÁDIO COMUNITÁRIA, sendo esta a primeira emissora de rádio ,de caráter comunitário, da região Sertão Central, inaugurada em 1993.
Faustino fixará residência, em Monte Grave, de 1971 até 2005. Neste longo período, exercerá , à frente daquela Comunidade Eclesial de Base, o cargo de animador de pastoral, , articulando a celebração da Palavra, ou o Dia do Senhor.

Em 2005, atendendo a convite de Cláudio Dias, então prefeito municipal de Milhã, Francisco Faustino assume a Secretaria da Agricultura daquele município. Permanecerá, em tal posto, até 2007, tendo ali desenvolvido grandes ações.

O brilho de sua capacidade de líder, aliado ao acúmulo de conhecimento técnico-administrativo, que Francisco Faustino soube adquirir, ao longo de tantos cargos exercidos, não passou despercebido, ante os olhos do então prefeito eleito de Piquet Carneiro, Expedito José do Nascimento,o qual, por sua vez, não hesitou em convidá-lo,em dezembro de 2008, para,ocupando o cargo de Secretário Municipal da Agricultura Familiar, tornar-se,por extensão dos fatos, seu digno sucessor à frente daquela importante pasta do governo do município.

No dia 1° de janeiro de 2009, o novo gestor municipal, Expedito José, ao dar posse à sua equipe de secretários, proclama, alto e bom som, o nome de Francisco Faustino, como o neo ocupante da Secretaria da Agricultura.

Soma-se, desde então, quase um quadriênio já, de luta, de trabalho, de esforço, do Secretário Faustino e de sua abalizada equipe, pelo bem de Piquet Carneiro.
O rastro desta sua ação entre nós, pode ser lido e apreciado, em diversas cartilhas que tem sido, de quando em quando, publicadas, propagando, assim, as ações desenvolvidas no âmbito da agricultura familiar.

A mais recente publicação dá-nos conta, por exemplo, das principais ações – e são muitas! - realizadas entre 2009 e 2011, sob o sugestivo título: “SECRETARIA DA AGRICULTURA FAMILIAR – 3 ANOS MELHORANDO A VIDA DAS FAMÍLIAS DO CAMPO.”

Vale a pena, sim, adquirir um exemplar do opúsculo supramencionado , e conhecer, bem de perto, o que tem feito este eficiente Secretário, que é Francisco Faustino, pelo progresso de nossa terra, da qual, agora, merecidamente, torna-se, também ele, um CIDADÃO, pelo honorífico título que, em boa hora, resolve lhe conceder o Poder Legislativo de Piquet Carneiro.

7 - SABINO CHAGAS SALES (EX-VEREADOR)

Sabino Chagas Sales é natural de Cedro.
Nasceu no dia 14 de junho de 1937.

Criança ainda, migra, em dezembro de 1938, com seus familiares, para Piquet Carneiro, passando a residir na Comunidade de Barra do Serrote.

Em 1959, une-se, pelos laços sagrados e indissolúveis do matrimônio, a Francisca Gomes Sales, sendo assistidos e abençoado, naquela ocasião, pelo Pe. Francisco Alves Teixeira, 3° vigário de Piquet Carneiro. Deste enlace matrimonial, advieram sete filhos.

Sabino ingressa na Política no ano de 1982, a convite do então líder político, e também candidato a prefeito, Luiz Aires de Souza.

É eleito vereador no pleito municipal de 15 de novembro de 1982, com 495 votos, pelo PSD 1, assumindo uma vaga no Legislativo a partir de 31 de janeiro de 1983.

Desde então, Sabino foi eleito vereador diversas vezes, nas sucessivas eleições municipais dos anos de 1988, 1992, 1996 e 2000.

Nosso homenageado orgulha-se de , na sua carreira político-partidária, haver sido o vereador mais bem votado, em nível nacional, na 2ª legenda do partido a que pertencia, de acordo com os resultados das eleições municipais de 3 de outubro de 1996.

Integrando a Casa do Povo, Sabino Chagas Sales chegou a presidir o Poder Legislativo local no curso do biênio 1989/1990.

Suas atividades como líder comunitário e vereador tornaram-no um homem smples, amigo do povo, trabalhador.
No conjunto de suas realizações, em prol de nossos conterrâneos, podem ser evidenciadas, sobretudo, as atividades que se relacionam à construção de vários açudes comunitários, em benefício das populações residentes nestes sítios: VARZANTE, TRAVESSÃO, PAU D´ARCO DOS ROLIM, BARRINHA, SÃO JOSÉ DOS MAIA, BARRA DO SERROTE, BARRA DA FAUSTINBA, BARRINHA E CATOLÉ DA PISTA.

Sabino encerrou seu mandato de vereador, em 15 de fevereiro de 2002, vinte anos após ter sido eleito, pela primeira vez, como legislador do nosso município. Mas continuou sempre ao lado do seu povo.

Sabino é uma figura carismática, um dos nossos “profetas” das quadras invernosas.
Nas eleições municipais de outubro de 2004, Sabino empenhou-se em prol da candidatura, para vereador, e conseqüente eleição, de seu genro, Francisco Cícero Beserra Vieira, de saudosa lembrança.

Hoje, ao ver seu neto, Francisco Niclézio, seguir-lhe as pegadas, por entre os caminhos, nem sempre verdejantes, da Política, ele se sente feliz, e realizado, ao perceber que o fruto do seu trabalho não foi em vão, pelo que está a confirmar a própria tradição existente, em âmbito familiar, isto é, a conseqüente da continuidade da ação político-partidária, na esfera do governo municipal.
SABINO CHAGAS SALES É UM CIDADÃO DO MUNICÍPIO DE PIQUET CARNEIRO,AGORA POR TÍTULO DE HONRA , QUE LHE CONCEDE A CÂMARA MUNICIPAL, EM RECONHECIMENTOS DE SEUS SERVIÇOS À CAUSA DO NOSSO POVO.

8 - MARIA DAS GRAÇAS MARTINS
Natural de Mombaça, tendo nascido no dia 4 de janeiro.
Casada com Expedito José do Nascimento, integra a equipe do governo municipal deste, exercendo, com determinação e êxito reconhecido, o cargo de Secretária da Ação Social.

Graça tem imprimido um ritmo de trabalho que é exatamente este: o de acompanhar, e atuar, ao lado da sua equipe de assessores, interagindo, desta forma, nas políticas sociais do atual governo do município.

A preocupação pelo social tem sido a tônica de sua gestão junto daquela secretaria.
De fato, são bem diversas as atividades ali desenvolvidas, não sem sucesso, que tem despertado a atenção de todos os munícipes.

Grupos, os mais variados, têm recebido o tratamento e apoio de que necessitam. Isto é algo patente, por exemplo, com as atividades, por ela e sua equipe desenvolvidas, em meio aos que fazem o GRUPO DA TERCEIRA IDADE (NO CRAS) ; junto dos ADOLESCENTES E JOVENS (MEDIANTE O PROGRAMA AMIGOS DA LEITURA); no acompanhamento e cadastramento dos benefícios socias, (PROGRAMAS GOVERNAMENTAIS); na comemoração do DIA DOS GARIS, FESTEJOS JUNINOS DA TERCEIRA IDADE, CONFRATERNIZAÇÕES DE NATAL, FESTEJOS PASCAIS, etc.

Graça esteve à frente, por um determinado período, do POSTO DE APOIO do distrito de Catolé da Pista. Também secretariou instituições de relevância para a vida de nosso município.

Um traço bem característico de sua personalidade, é a simplicidade; quem convive diariamente com ela, privando, assim, de sua amizade, reconhece isto.

A exemplo do esposo, prefeito Expedito José do Nascimento, que recebeu este mesmo título em 1995, agora, quem é alvo desta alta homenagem, feita pela Câmara Municipal de Piquet Carneiro, é Maria das Graças Martins.

Por Osmar Filho 

Nota do editor

Ficaram faltando as Biografias de Lupércio e da Enfermeira Marcia por falta de informações quando foram feitas as biografias.

Para Primeira Parte clique aqui

Para matéria sobre o dia da entrega clique aqui

Nenhum comentário :

Postar um comentário

"O sucesso normalmente contempla aqueles que estão ocupados demais para procurar por ele"