quinta-feira, 7 de abril de 2011

Do mensageiro ao celular - Antenas

image      Heinrich  Rudolf Hertz, físico  alemã,  * 22 /02/1857 - † 01/01/1894. Foi o primeiro a registrar experiências com radiação eletromagnética. Transmitindo e recebendo sinais através das ondas. Usando para isso,  antenas experimentais. Baseou suas pesquisas nas teorias de  Maxwell, Weber, Helmhortz. Em 1888 Hertz comprovou a existência das ondas de rádio. Descobriu que sua velocidade de propagação é igual a propagação da luz no vácua. Descobriu também que as ondas podem ser moduladas, se propagam na mesma direção, podem ser polarizadas, sofrem reflexão e refração. Nas medidas do Sistema Internacional de Unidades, a freqüência é medida em hertz (Hz).
    Sempre que usamos  as palavras megahertz, gigahertz, etc.  Estamos  homenageando o descobridor  dessa maravilha chamada  antena, que tanto nos auxilia e nos permite facilidades que  nem foram imaginadas por ele. Guglielmo Marconi deu prosseguimento as descobertas de Hertz e aplicou na prática tudo que havia sido descoberto e projetado antes.  No Brasil, o Pe.  Roberto Landell de Moura, fez várias experiências no campo das comunicações sem fio, sendo o verdadeiro inventor do rádio. Fato que não foi registrado oficialmente pelo descaso das autoridades e da imprensa brasileira.
    Não há comunicação à distância  (sem fio), se não houver uma boa antena. Hoje vivemos em uma Aldeia Global, (Marshall McLuan), que tem se concretizado a cada dia, com o advento do celular e principalmente da internet. Quando McLuan divulgou a teoria de aldeia global, não passava de uma idéia com base na comunicação via satélite. Hoje tudo faz sentido, pois estamos ao lado dos japoneses, sentindo e vivendo seus problemas e vitórias. Mesmo de lados opostos desse lindo planeta azul chamado terra.

Jocicler Vieira
Programa Tocando em Frente
http://ptemfrente.blogspot.com

Nenhum comentário :

Postar um comentário

"O sucesso normalmente contempla aqueles que estão ocupados demais para procurar por ele"