domingo, 20 de março de 2011

O Brasil não é aqui!


O sul do Brasil é europeu
Tem gente que não fala português
o sudeste é americanizado
as bandas cantam rock em inglês
Manaus entrou na linha de montagem
os gringos pagando uma sugesta
São Luís é a Jamaica maranhense
Carajás é a Suíça da floresta
o que é importado é mais bonito
o que é nacional pra nós não presta

A Bahia é uma nação africana
Mato Grosso ainda é Paraguai
Recife é a Veneza brasileira
Por isso que a República não vai
a lavagem cerebral é tão medonha
e na mente vazia nada resta
no sonho de querer ser estrangeiro
brasileiro toma injeção na testa
o que é importado é mais bonito
o que é nacional pra nós não presta

Brasília é o Egito enigmático
é o congresso dos novos faraós
o nordeste é a Índia sem comida
Goiás é a terra dos caubóis
é tanto imitação e macaquice
que a cabeça ingênua não contesta
o Brasil é o túmulo do samba
mas a música estrangeira faz a festa
o que é importado é mais bonito
o que é nacional pra nós não presta

Poesia de Eliakin Rufino, poeta de Roraima
e integrante do Movimento Roraimeira.
http://antologiamomentoliterocultural.blogspot.com/2009/03/momento-litero-cultural-entrevista_31.html
RETIRADO DO SITE: http://contextolivre.blogspot.com/search?updated-max=2011-03-19T17%3A00%3A00-03%3A00&max-results=10

Nenhum comentário :

Postar um comentário

"O sucesso normalmente contempla aqueles que estão ocupados demais para procurar por ele"