sexta-feira, 21 de janeiro de 2011

Diálogo, críticas e pedras

Sou um apaixonado pelo bicho gente, tenho um prazer enorme em ouvir opniões e conversar. Treinei muito essa arte do diálogo com meia dúzia de amigos com quem conversei, debati e até briguei. Sou fascinado por programas de talk-show seja na TV ou na Internet como: Roda Viva, Canal Livre, Jó Soares, Sem Censura e podcasts em geral. Sempre achei que era mais fácil aprender ounvindo, e dizem que quando criança ouvia muito mais do que falava. Percebo hoje que a arte de se comunicar pode te fazer rico ou te matar.

Mas será que o brasileiro entende mesmo o que é esse diálogo que pode dar certo? Observe entre as pessoas que você conhece como elas reagem a uma crítica, tente dizer para alguem que seu estilo de vestir poderia melhorar, ou sua atitude perante o dinheiro deveria mudar. Fiz esse teste e descobri que o brasileiro na sua maioria entende a crítica ou até mesmo um conselho como se um inimigo estivesse lhe tacando pedras. Admitir que está errado é algo inaceitavél. Como bom brasileiro que sou não aceitava muito bem críticas, mas recebi tantas e errei tanto, que estou me acostumando e até gostando quando me "jogam pedras".


Dênison Ferreira Vieira

Nenhum comentário :

Postar um comentário

"O sucesso normalmente contempla aqueles que estão ocupados demais para procurar por ele"