quinta-feira, 18 de novembro de 2010

Astronomia no interior

A Fundação Cearense de Apoio ao Desenvolvimento Científico e Tecnológico (FUNCAP) e o Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico (CNPq) aprovam o Projeto de Extensão denominado de Astronomia VIVA. O projeto contempla a Faculdade de Educação, Ciências e Letras de Iguatu (FECLI), da Universidade Estadual do Ceará (UECE).

O projeto terá duração de 24 meses, sendo que nos primeiros dois meses será feita a aquisição dos equipamentos, a seleção de bolsista de Iniciação Científica (via edital), o treinamento das pessoas envolvidas com a instalação e manuseio do planetário e o aprendizado para utilização do software livre Stellarium.

As primeiras exibições serão realizadas nos municípios da região centro-sul, Acopiara, Quixelô, Orós, Iço, Jucás, Cariús, Saboeiro, Várzea Alegre, Cedro, Lavras da Mangabeira, Mombaça, Piquet Carneiro, Solonópolis, Irapuan Pinheiro, Milhã e Catarina. Em seguida serão promovidas exibições nos municípios de Jaguaribe, Tauá, Itapipoca, Limoeiro do Norte, Crateús, Iguatu e Quixadá. As respectivas prefeituras e o CREDE 16 auxiliarão na mobilização e na divulgação dos eventos.

Nenhum comentário :

Postar um comentário

"O sucesso normalmente contempla aqueles que estão ocupados demais para procurar por ele"