domingo, 25 de julho de 2010

TSE divulga novo número de eleitores no CE e Piquet Carneiro diminui seus eleitores

 

dnimagem_203234685 TSE divulga novo número de eleitores no CE

Os candidatos que estão apresentando seus nomes nestas eleições disputarão a preferência de 5.881.584 eleitores, disseminados pelo território cearense. O novo total de eleitores no Estado, divulgado nesta semana pelo Tribunal Superior Eleitoral (TSE), revela o mapa do caminho que os postulantes devem percorrer para atingir o objetivo de ser eleitos em 3 de outubro próximo.
A Capital do Estado, Fortaleza, no novo desenho, continua como o maior colégio eleitoral, concentrando um total de 1.558.732 eleitores. O município também encabeça a região com maior número de eleitores em todo o Estado, a Região Metropolitana de Fortaleza (RMF) que é formada por 14 municípios que possuem, juntos, 2.244.685 eleitores.


De tão grandiosa, se comparada a outras regiões, a RMF possue 4 dos 10 maiores colégios eleitorais do Estado: Fortaleza, Caucaia (178.032), Maracanaú (135.512) e Maranguape (67.477). A área territorial continua sendo aquela que requer maior dedicação dos candidatos, justamente por reunir, sozinha, mais de 1/3 do eleitorado estadual.


O levantamento da Justiça Eleitoral revela ainda a concentração da maior parte dos votos nos grandes municípios, o que delineia a tendência de a população migrar para os grandes centros urbanos em busca de mais oportunidades. Os dez maiores municípios do Estado, na ordem, Fortaleza, Caucaia, Juazeiro do Norte, Maracanaú, Sobral, Crato, Itapipoca, Iguatu, Maranguape e Crateús somam 2.506.092 eleitores, o que corresponde a 42,6% do total de eleitores aptos do Ceará.
Lista
Se houver a inclusão de Morada Nova, Icó, Quixeramobim e Canindé, que completam a lista de 15 municípios com mais de 50 mil habitantes, o percentual sobe para 47% (2.769.768), quase metade dos eleitores do Estado. Os demais 169 municípios dividem o restante (3.111.816 eleitores).
No Interior, o território com maior concentração de votos é o Cariri. A Região Sul cearense é composta, atualmente, por 28 municípios que, somados, possuem 669.954 votantes. Esta região tem dois municípios entre os 10 maiores do Estado e que são, portanto, os centros da Região: Juazeiro do Norte (157.244) e Crato (81.184).


Depois do Cariri, o maior número de eleitores está concentrado na zona Norte: 591.507, em 30 municípios. O maior centro é Sobral, que possue 124.111 eleitores. É naquela área que está localizado também o município com o menor número de eleitores no Ceará. Senador Sá tem apenas 4.641 votos, de acordo com o último levantamento do TSE.


A Região do Sertão Central possue dois municípios entre os 15 do Ceará com mais de 50 mil habitantes: Quixadá (53.428) e Quixeramobim (51.150). Ao todo, são 12 municípios e 267.191 votantes.
Uma das divisões geográficas do Estado põe ao lado do Sertão Central, a região do Sertão de Canindé. Composta por nove cidades, a zona tem como centro o município de mesmo nome, Canindé, com 53.595 eleitores. Os demais integrantes são Caridade, Paramoti, Itatira, Madalena, Boa Viagem, Catunda, Santa Quitéria e Hidrolândia.
Morada Nova, com 54.938 eleitores é o maior colégio da Região Jaguaribana. Limoeiro do Norte (41.979) e Jaguaribe (28.328) também são dois grandes centros regionais. Ao todo, são 16 municípios e 303.740 votos naquela área.


Outro grande centro eleitoral cearense é a Região dos Inhamuns. É naquela zona que está localizada a cidade de Crateús que, com 56.451 votantes, está no grupo dos 10 maiores municípios do Estado, em termos de eleitores. Importantes redutos políticos como Tauá (42.385) e Ipueiras (31.937) também compõem aquele domínio do Ceará.


Cidades
O Litoral Oeste tem em Itapipoca o seu maior município em número de eleitores: 77.728. Ao todo, as 17 cidades totalizam 396.643 votos. Dependendo da coligação, eles podem eleger sozinhos, quatro ou cinco deputados estaduais. São Gonçalo do Amarante, Paracuru e Itapajé também estão encravadas naquela parte do Estado.


Outra macrorregião é a Centro-Sul. Lá está Iguatu que faz parte do ´top-10´ do Ceará, com 68.621 eleitores. Icó, com 50.565 votantes é o segundo maior da região que ainda tem Lavras da Mangabeira (24.705), Acopiara (33.898) e Cedro (19.084), dentre outros.
Dez municípios compõem a Ibiapaba. Tianguá é o maior colégio com 45.997 votantes. São Benedito, Ipu e Ubajara aparecem na sequência. Pires Ferreira é a menor cidade (6.803).


DÉFICIT
Redução de eleitores em 17 municípios cearenses
Para as eleições de 2010, 17 municípios cearenses registraram queda no número de eleitores em relação a 2006. Acopiara, Aquiraz, Cedro, Irapuan Pinheiro, Eusébio, Ibaretama, Meruoca, Morrinhos, Ocara, Pacujá, Palhano, Palmácia, Penaforte, Piquet Carneiro, Quixelô, Senador Sá e Umari.

Segundo o TSE Piquet Carneiro terá 9936 eleitores


A redução de 440 eleitores de 2006 para 2010 transformou Senador Sá, na Região Norte, no menor município em número de votos. No último pleito, o município tinha 5.081 eleitores, agora, apenas 4.641.
A perda de eleitores mais acentuada, entretanto, é registrada em Aquiraz e Eusébio, na Região Metropolitana de Fortaleza. O primeiro teve queda de 43.803 habitantes aptos a votar em 2006, para apenas 39.941, este ano.


Eusébio, por sua vez, tinha 27.542 eleitores nas últimas eleições. Este total foi reduzido em 2.862 eleitores, passando para 24.680. A cidade será a única do Ceará onde será testado o novo sistema de voto biométrico, em que o eleitor pode votar com a identificação por meio das suas digitais.

Fonte: Diário do Nordeste

Nenhum comentário :

Postar um comentário

"O sucesso normalmente contempla aqueles que estão ocupados demais para procurar por ele"