quinta-feira, 8 de julho de 2010

Entrevista - Dom José Mauro Ramalho



Nosso colaborador Osmar Filho realizou uma entrevista exclusiva com Dom José Mauro Ramalho.

Dom José Mauro Ramalho é natural de Russas, tendo nascido no dia 14 de maio de 1925. Foram seus pais o Dr. José Ramalho de Alarcon e Santiago e Dona Maria de Alarcon e Santiago.
Dom Mauro realizou os estudos seminarísticos no célebre e vetusto Seminário da Prainha, em Fortaleza, na época sob a égide dos padres da Congregação da Missão - os Vicentinos - Ordem fundada pelo grande São Vicente de Paulo, no século XVII.

Assim, após os cursos superiores de Filosofia e Teologia, eis que, no dia 5 de dezembro de 1948, mediante a imposição das mãos episcopais de Dom Aureliano Matos, então Bispo Diocesano de Limoeiro do Norte, o diácono José Mauro tornava-se "sacerdos in aeternum" (sacerdote para sempre!).
Em 13 de outubro de 1961, estava o Pe. José Mauro Ramalho à frente da Paróquia de Aracati-CE, quando surpreendido pela indicação, que lhe foi feita pelo Papa João XXIII, para exercer o cargo de primeiro bispo de Iguatu-CE.

No dia 6 de janeiro de 1962, na cidade de Aracati, ocorreu sua ordenação episcopal.
No dia 4 de fevereiro daquele mesmo ano (1962), "tomou posse da Diocese de Iguatu em meio ao entusiasmo do povo, na preseñça de muitos padres, bispos, Arcebispo de Fortaleza, autoridades civis e o Governador do Estado do Ceará, Dr. Parsifal Barroso". (Cf. Boletim da Diocese de Iguatu, edição 43, de 5 de novembro de 1973).

Dom Mauro governou a Diocese de Iguatu de 4 de fevereiro de 1962 até 26 de julho de 2000. Foram, portanto, 38 anos de ininterrupto episcopado, fecundo sob vários aspectos.
Dom José Mauro foi sucedido por Dom José Doth de Oliveira, a quem teve o mérito de ordenar sacerdote (em 1964) e consagrar bispo (em 1990).

A Diocese de Iguatu, agora sob o governo pastoral de seu 3º antístite, Dom Frei João José da Costa, O. Carm., encaminha-se para a celebração, já próxima, de seu Jubileu áureo de instituição canonica (fato histórico ocorrido em 28 de janeiro de 1961).

Nesta entrevista, Dom Mauro fala de seu período à frente da DIOCESE, não deixado de dar também enfoque às atividades conexas com o ministério episcopal (Vaticano II, Visita Ad Limina, formação dos leigos, CEBs etc).

Na parte 6 desta postagem, pode-se ver o primeiro bispo de Iguatu "ao piano", onde nos revela um pouco das suas aptidões pela música.
VALE A PENA CONFERIR!

Biografia por Osmar Lucena Filho


Parte 2      Parte 3        Parte 4         Parte 5       Parte 6

Nenhum comentário :

Postar um comentário

"O sucesso normalmente contempla aqueles que estão ocupados demais para procurar por ele"