quarta-feira, 17 de fevereiro de 2010

Francês nascido no Ceará surpreende na patinação artística


Florent Amodio vai disputar programa livre nos Jogos Olímpicos de Inverno de Vancouver

Lucy Nicholson/Reuters
Lucy Nicholson/Reuters
O patinador Florent Amodio nasceu em Sobral (CE) e foi para a França ainda bebê
O patinador artístico Florent (leia Floran) Amodio,19, compete nos Jogos Olímpicos de Vancouver (Canadá) pela França, país onde vive que era recém-nascido, mas ele nasceu no Brasil: é cearense da cidade de Sobral. Foi para a Europa depois de ser adotado e não fala português.

Amodio participou nesta terça-feira (16) do programa curto (apresentação de 2min40s) da prova. Foi o quarto a se apresentar e recebeu a nota 75,35, um resultado surpreendente para a sua expectativa antes do início do evento. Ele liderou a competição até o desempenho do russo Evgeni Plushenko, campeão olímpico da prova em Turim-2006, que obteve 90,85 pontos.

Ao fim de todas as apresentações, Amodio passou para o programa livre - que define medalhas- com a 11ª posição. Avançaram para a fase seguinte 24 dos 30 atletas inscritos.

Além de Plushenko, que empolgou a plateia com bonitos rodopios, outro destaque da competição no Pacific Coliseum foi o cazaque Denis Ten, de apenas 16 anos. Ele recebeu nota 76,24 dos jurados e foi o décimo melhor. O programa livre acontece na quinta-feira (18) em Vancouver.
Conheça a história de Florent Amodio em reportagem realizada antes da apresentação dele em Vancouver

2 comentários :

  1. Tudo é merecimento,e claro a tendência do livre arbítrio.ada é ´por acaso.Por outro lado a certeza de que a educação tem pêso definitivo na construção do homem.Em Sobral,o que seria desse jovem,ou mais precisamente no Brasil?O sonho de ser jogador de futebol

    ResponderExcluir
  2. Belissima historia, que sirva de exemplo para muitas maes que nao tem como cuidar de seus filhos, a adoçao e sempre um bom caminho.
    parabens florent amodio

    ResponderExcluir

"O sucesso normalmente contempla aqueles que estão ocupados demais para procurar por ele"