sábado, 27 de fevereiro de 2010

Do mensageiro ao celular X - TV digital

    Em , dois de dezembro de dois mil e sete,  foi  oficialmente inaugurado o sistema digital de TV aberta (terrestre) brasileiro (SBTVD-T).  Com discursos de Ministros e do Presidente da Republica. Respectivamente discursaram: Dilma Rousseff, (Casa Civil), Hélio Costa (Comunicações) e Luiz Inácio Lula da Silva. Muitas expectativas foram criadas nos brasileiros ansiosos por novidades tecnológicas . Comerciais massivos na TV, convidando o povo a usufruir da novidade. Muitos foram induzidos a comprar televisores de  “plasma” ou “LCD”, pensando serem esses, próprios para recepção do sistema digital. Mas seria mesmo uma novidade TV digital no Brasil?. Desde 1996,  transmissões digital via satélite  de vários canais de TV, aberta ou por assinatura , é uma realidade para muitos brasileiros. O sistema adotado nos Satélites e em vários países é o DVB. Citado em muitos meios de comunicação como padrão Europeu, o DVB é o sistema mais barato e de fácil acesso, principalmente para quem é usuário de antena parabólica. Há quinze anos um receptor digital custava aproximadamente seis salários mínimos, hoje custa pouco mais de meio salário, tem recursos superiores aos existentes nas caixas conversoras do  SBTVD e as pessoas residentes no interior tem fácil acesso ao serviço, não precisando esperar até 2016, e com a vantagem de usar qualquer televisor existente em sua casa. 
    Somos usuários  desse serviço digital, livre de mensalidades desde 1998, quando começamos uma pesquisa continua com transmissões de diversos países e satélites.
Voltaremos ao  tema, mas quero deixar uma informação : Quem usa parabólica não receberá o SBTVD tão propagado nos meios de comunicação. O padrão mundial via satélite da UIT é o nosso querido DVB-S.

                                                  Jocicler Vieira

Nenhum comentário :

Postar um comentário

"O sucesso normalmente contempla aqueles que estão ocupados demais para procurar por ele"