sábado, 9 de janeiro de 2010

Pelos Caminhos da História - 8 O Ginásio Sagrado Coração de Jesus - Parte 1

    O setor educacional em Piquet Carneiro muito deve, em seus primórdios, à ação benemérita da Igreja Católica Apostólica Romana, pelo trabalho desenvolvido no âmbito deste,  por estes vigários:  Antônio Freire (1948-55), Alberto Oliveira (1955-59), Francisco Alves Teixeira  (1959-66) e Agostinho Paulino de Melo (1966-74). 
    Porém, à história do Ginásio Sagrado Coração de Jesus, entidade que, doravante, será o tema de nossa conversação,  ligam-se, apenas,  os dois últimos levitas citados: os padres Teixeira e Agostinho.
A viagem que vamos empreender nas asas do tempo cobrirá o arco cronológico que vai de 1962 a 1997, no decurso da qual procurarei evidenciar as etapas mais significativas da história do Ginásio supracitado.
PE. FRANCISCO ALVES TEIXEIRA - O FUNDADOR DO GINÁSIO
    Não resta a menor dúvida de que o terceiro vigário de Piquet Carneiro, Pe. Francisco Alves Teixeira, deixou marcas inapagáveis na história da educação local, visto ter sido um sacerdote altamente empreendedor, dinâmico e capaz, que, por isso mesmo,  soube se distinguir, numa comunidade carente de recursos, como a nossa, naquele começo dos anos 1960.
    Em fins de 1961, teve, assim, ele, uma iluminada idéia: criar uma instituição de ensino que permitisse ao alunado piquet carneirense concluir o curso ginasial; curso esse, equivalente, em nossos dias, ao ensino fundamental. Antes, aqueles que detinham um certo poder aquisitivo - e eram poucos! - deslocavam-se para outros municípios, a fim de darem prosseguimento aos estudos.
    Mas, uma ação como esta - de fundar-se uma escola - de tão hercúlea, pressupunha, logicamente, a união de todos, à maneira do adágio que diz: "um por todos e todos por um".
    Outrossim, o reverendo sacerdote não hesitou em buscar apoio - e era natural que o fizesse! - junto à administração municipal. Luiz Aires de Souza, o gestor, aquiesce, de pronto, à petição do sacerdote-educador, colocando-se, por extensão dos fatos, à inteira disposição deste, em face do enfrentar os primeiros obstáculos.
    O Ginásio, que, por sugestão da então primeira-dama, dona Maria Luiza Pessoa Aires, recebera o inspirado nome de "Sagrado Coração de Jesus", abria, enfim, suas portas, em março de 1962, para acolher os primeiros alunos, num total de quarenta discentes.

CNEC: A ENTIDADE MANTENEDORA
    A entidade mantenedora do Ginásio Coração de Jesus era a CNEC - Campanha Nacional de Escolas da Comunidade.  
    Um feito realizado em  29.07.1943, na cidade de Recife, a  fundação da CENEC é atribuída ao exímio professor Felipe Tiago Gomes (*1921 + 1996),  o qual “conhecendo os benefícios que o saber traz aos homens, sonhou com o dia em que pudesse oferecer a todos, de modo igualitário, as facilidades do ensino acessível aos menos favorecidos.”        (Cf.http://www.faceca.br/noticias.php?cnot=16).

1º EXAME DE ADMISSÃO: ALUNOS PIONEIROS!
    À luz da legislação corrente naquela época, para se chegar ao curso ginasial,  havia que se passar por um exame de admissão, isto é, por  uma espécie de vestibular.
    Desta maneira, em 1962, entre 10 e 14 de janeiro,  submeteram-se à tal prova de seleção estes candidatos: Antônio Alves Neto, Anísio Alves Pimentel, Ana Maria Pinheiro Cavalcante, Cleonice Pereira de Sousa, Elinete Ferreira da Silva, Francisca de Morais, Fátima Medeiros Lopes, Francisca Rodrigues Pinheiro, Francy Vidal Pinto, Francisco Moreira Gurgel, Gizelda Soares Alencar, Irismar Alves das Flores, José Ferreira da Silva, José Sobreira de Alencar, José Edson da Silva, José Emídio Lima, Luís Amaro Bezerra, Luziata Sobreira Alencar, Luizinha Alves Diniz, Maria Aleuda Fernandes Lima, Maria Alves Rodrigues, Maria Alzenir Gonçalves, Maria Aracy Teixeira, Maria Doralice Pinheiro, Maria Dulce Fernandes, Maria Célia Isidoro, Maria Izaíra Barbosa Figueredo, Maria Jarina Dantas Marques, Laurinda Leite Alves, Maria José de Jesus Aires, Maria José Alves Ferreira, Maria José Pinto Vidal, Maria Lauzimar Nogueira, Maria Sobreira Alencar, Maria Socorro Lopes, Maria Stela Lima, Maria Valdelice Pinheiro, Raimundo Rosa, Teresinha Vidal Pinto e Tarcísio Fernandes Lima.

1962/1963: PRIMEIRO CORPO DOCENTE
    O primeiro corpo docente  do Ginásio Coração de Jesus, durante o biênio 1962/3,  constituíra-se destes mestres: Pe. Francisco Teixeira (Moral e Cívica, Francês e Técnicas Comerciais) , Maria Salete Teixeira (Português, Canto e Ciências), Maria Zulene de Paula (História) e Maria Zenira de Paula (Geografia e Matemática).
    Por um ofício emitido pelo diretor, Pe. Francisco Alves Teixeira, em 3 de abril de 1963, sabe-se que a assistência médica aos alunos era prestada pelo Dr. Alfredo Fernandes Franco;  e ainda:  que o professor de Educação Física era o sargento Gileno Gomes Farias.

DEZEMBRO DE 1965: OS PRIMEIROS CONCLUDENTES
Em dezembro de 1965,  dá-se a conclusão dos estudos da primeira turma de ginasianos. Eis, a propósito, quanto nos narra o padre-diretor, Fco. Teixeira, em relatório de 25.12.1965: "Era indescritível o contentamento dos concludentes e seus familiares nas solenidades do término de curso, abrilhantado com um baile na quadra interna do ginásio Sagrado Coração de Jesus, tocado pela orquestra 'Miranda' , de Senador Pompeu."
RELAÇÃO NOMINAL DOS CONCLUDENTES DA 1ª TURMA - CURSO GINASIAL
    Aracy Teixeira Bastos, Edílson Rodrigues de Paula, Francisca de Morais, Francisca Vidal Pinto, Irismar Alves das Flores, José Edson da Silva, José Sobreira de Alencar, Maria Doralice Pinheiro, Maria José de Jesus Aires, Maria José Alves Ferreira, Maria Jarina Dantas Marques, Maria José Pinto Vidal, Maria Lauzimar Nogueira, Maria Sobreira Alencar, Maria Zilce de Paula, Teresinha Lopes Bezerra, Teresinha Vidal Pito e Valdelícia Pinheiro da Silva.

(Cf. In “Relatórios do Centro Educacional Sagrado Coração de Jesus: 1962 a 1965”.  Arquivo do Prof. Osmar Lucena Filho)

Nenhum comentário :

Postar um comentário

"O sucesso normalmente contempla aqueles que estão ocupados demais para procurar por ele"