terça-feira, 29 de dezembro de 2009

Lula eleito um dos 50 mais influentes da década pelo Financial Times


Como já disse o líder mais poderoso do mundo, Barak Obama, seu colega brasileiro "é o cara". Depois de ser eleito "homem do ano" pelos jornais europeus "El País" (Espanha) e Le Monde (França), agora o Financial Times (EUA) cita o presidente Luiz Inácio Lula da Silva como uma das 50 personalidades mundiais mais influentes da década (foto). O diário diz que Lula entrou na lista por ser "o líder mais popular da história do Brasil" e destaca: "Charme e habilidade política sem dúvida contribuem (para sua popularidade), assim como a baixa inflação e programas de transferência de renda baratos, mas eficientes". O jornal projeta ainda mais avanços para o país: "Muitos, inclusive o FMI, esperam que o Brasil se torne a quinta maior economia do mundo até 2020, trazendo uma mudança duradoura na ordem mundial." Além de Lula, o rol dos mais influentes na política inclui ainda o próprio Obama, o presidente do Irã, Mahmoud Ahamadinejad; a chanceler alemã Angela Merkel; o ex-presidente e atual primeiro-ministro da Rússia, Vladimir Putin; e o presidente da China, Hu Jintao.

Bush & Bin Laden no rol de vilões

Dentre os que mais influenciaram na história mundial nos últimos 10 anos, o Financial Times elenca também o que classificou de "alguns vilões" como o líder da rede Al-Qaeda, Osama Bin Laden, e o ex-presidente americano George W. Bush.


Fonte: http://www.marcoeusebio.com.br/

Acesse a lista clicando aqui em Financial Times.

Nenhum comentário :

Postar um comentário

"O sucesso normalmente contempla aqueles que estão ocupados demais para procurar por ele"