quinta-feira, 19 de novembro de 2009

Governador quer reunir todos os prefeitos

MINHA CASA, MINHA VIDA

Clique para Ampliar

Nelson Martins disse que o encontro do governador com os prefeitos acontecerá hoje e amanhã
Foto: Marília Camelo

19/11/2009

O governador quer tratar com os prefeitos os preparativos para o início da construção das casas populares no CE

De acordo com o deputado Fernando Hugo (PSDB), o programa Minha Casa, Minha Vida ainda não saiu do papel. Seis meses após seu lançamento pelo Governo Federal, o tucano reclama que até agora nenhuma casa tenha sido construída no Estado. Segundo o deputado Nelson Martins (PT), líder do Governo, hoje e amanhã o governador vai se reunir com prefeitos cearenses para tratar do programa.

"No Ceará a falta de infraestrutura trava o Minha Casa, Minha Vida. Seis meses depois de lançado, permanece na estaca zero no Estado do Ceará", afirma Fernando Hugo questionando se a União já destinou ao Ceará, algum recurso para que a construção de casas começassem a se tornar uma realidade, pontuando ainda não ter informação onde o Minha Casa, Minha Vida já começou a existir.

O tucano argumenta que os municípios, em sua maioria, não têm condições de contribuir com a parte que lhes cabe no Programa, que é a doação dos terrenos e, desse modo, acredita que o projeto já sofre empecilhos.

Para o deputado Moésio Loiola (PSDB), outro fator que protela a execução do Programa Minha casa, Minha Vida é a burocracia. Por isso afirma que o projeto não anda.

Já o deputado Vasques Landim (PR) lamentou que no município de Juazeiro do Norte, casas que estão sendo construídas com a ajuda do Governo Federal, estão desabando, pois estão sendo edificadas em terreno que antes abrigava um lixão, portanto inadequado.

O líder do Governo na Assembleia, deputado Nelson Martins (PT), informou que hoje o governador estará reunido pela manhã com os prefeitos de municípios com até 20 mil habitantes para discutir exatamente a construção das casas. Amanhã, a reunião do governador é com os prefeitos dos demais municípios cearenses.

Na reunião será debatida a contrapartida que cada Prefeitura pode dar e a quantidade de casas que podem ser construídas. O parlamentar deixa claro que o Governo Federal entra com subsídio de R$ 18 mil por casa. Já ao Estado compete o valor de R$ 2 mil por moradias, mais abastecimento de água e saneamento básico.

Nenhum comentário :

Postar um comentário

"O sucesso normalmente contempla aqueles que estão ocupados demais para procurar por ele"